Ads Top

Após mal início, Marcelo faz quatro gols e União vence Costa Rica por 4 a 3

Um jogo de tirar o fôlego de qualquer um. Assim foi o duelo entre União e Costa Rica, que fechou a rodada dupla disputada neste sábado (4) no estádio Morenão, em Campo Grande. Apesar do início morno, a partida ganhou emoção na etapa final e consagrou o atacante Marcelo Barbosa, que fez todos os quatro gols do União.

Foto: Marcos Ermínio
Diante de uma torcida formada basicamente por familiares e amigos, o União começou buscando o ataque, mas logo aos sete minutos tomou um banho de água fria após o atacante Kadu aparecer pela direita e fuzilar para abrir o placar do jogo para o Costa Rica.

O duelo prosseguiu sem grandes destaques até os 40 minutos, quando a zaga do União errou na saída de bola e deixou com que o Costa Rica criasse uma jogada já do ataque. A bola foi parar na direita, sendo cruzada para novamente Kadu, que bateu rasteiro para ampliar o marcador.

Etapa final

No segundo tempo, o jogo ficou mais aberto e mais emocionante, apesar das evidentes limitações técnicas em ambos os lados. Aos quatro, o camisa 16 Everton, que entrou no intervalo, perdeu uma clara chance cara a cara com o goleiro Daniel, de Costa Rica.

Aos 20, Luquinhas escapou em velocidade pela direita e soltou uma bomba no travessão de Daniel, na melhor chance até ali. Cinco minutos depois, novamente Luquinhas fez bela jogada pela direita e passou cruzado para Marcelo, sozinho na esquerda, bater no contrapé do goleiro.

O gol fez com que a torcida trocasse os gritos de "burro" para o treinador Roberto pelo cântico "eu acredito". Entretanto, aos 30 minutos, Wellington conseguiu também boa escapada no ataque e fez o terceiro do Costa Rica, driblando o goleiro Marco Aurélio.

Virada em 10 minutos

Apesar dos placar adverso, o União seguiu buscando criar, desperdiçando várias chances. O mesmo aconteceu com o Costa Rica, aproveitando o jogo franco e aberto. A virada e redenção do União só veio nos últimos 10 minutos de jogo, com o time da casa embalado por Marcelo.

O "buraco" encontrado pelo União para chegar aos gols foi a direita do ataque. Por ali, aos 35, começou a jogada que, depois da defesa aliviar parcialmente, parou em Marcelo, que bateu no rebato para diminuir o placar para 3 a 2.

Aos 42, o time avançou novamente pela direita e cruzou para Marcelo, na pequena área, dar uma voadora e empatar o duelo. Apenas dois minutos depois, veio a virada. Em contra-ataque, Mazinho e Luquinhas trabalharam a bola pelo meio.

Porém, o camisa 15 Marcelinho, que entrou na etapa final, subiu procurando a linha de fundo na direita. Ele recebeu a bola e cruzou, achando Marcelo no meio da pequena área. O artilheiro da noite dominou e bateu na saída do goleiro, conquistando também a improvável vitória. Além disso, essa foi a primeira vitória na história do União contra o Costa Rica. Antes, tinha perdido os seis duelos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.