Ads Top

Deu show! Operário não dá chance ao União e goleia por 4 a 0 no retorno ao Morenão

O Galo bateu o União por 4 a 0 no estádio Morenão, nesta noite de quarta-feira (1) diante de 2.490 torcedores e começou 2017 oficialmente com o pé direito, além de marcar com goleada o retorno ao maior palco do futebol de Mato Grosso do Sul.

Foto: Marcos Ermínio
Mandante do jogo, o Operário começou buscando o ataque, explorando principalmente a velocidade pelos lados do campo e a profundidade do ataque. No comando da criação, ainda no campo de defesa, o volante Eduardo Arroz foi quem abasteceu o time nas principais jogadas, com rápida transição de bola, o que ajudou a desmontar o sistema defensivo adversário.

Com 17 minutos, a primeira grande chance. O atacante Wilson carregou pela direita e foi derrubado pelo adversário. Porém, ao invés de reclamar a falta, ele se levantou rápido e recuperou a bola, tocando para Rodrigo Gral, que chegava de trás.

Gral, entretanto, cercado por adversários, acabou pegando fraco na bola e o chute parou nas mãos do goleiro do União. Minutos depois, aos 21, novamente Wilson pareceu. Dessa vez, ele recebeu cruzamento da direita e cabeceou no pé da trave. No rebote, foi iniciado um bate-rebate na área do União, que se safou.

Porém, aos 23 minutos, o Galo conseguiu finalmente superar o rival. E quem abriu o placar no retorno do time ao Morenão foi um velho conhecido, o meia-atacante Agnaldo, que recebeu um belíssimo lançamento de Eduardo Arroz. Pela direita, Agnaldo avançou com a bola e só teve o trabalho de bater na saída do goleiro Marco Antônio.

Tranquilidade

Com 1 a o no placar, o Operário teve mais tranquilidade para trabalhar a bola e passou a dominar o jogo. Aos 37, Wilson foi recompensado após bela jogada individual. Ele bateu de canhota e balançou a rede do União, fazendo o segundo da partida.

Antes do fim do duelo, aos 44 minutos, o camisa 78 e artilheiro do alvinegro em 2016, Rodrigo Gral, deixou o dele após dar uma caneta no defensor rival e chutar para o gol. Aí, só foi comemorar com a torcida, que não se calou durante o jogo.

Já na etapa final e com a vitória garantida, o Operário tirou o pé do acelerador, mas ainda assim conseguiu mais um gol. O autor foi novamente Agnaldo, que já defendeu as cores do Operário em duas oportunidades, ambas na Série B do Estadual.

O próximo jogo do Galo acontece no domingo (5), no Morenão, quando a equipe enfrenta o Novo, que será o mandante da partida. Já o União, que hoje foi o mandante, joga sábado (4), também no Morenão, contra a Serc.

FICHA TÉCNICA – OPERÁRIO 4 x 0 UNIÃO/ABC

Local: Estádio Morenão, em Campo Grande
Data: quarta-feira, 1º de fevereiro de 2017
Horário: 20h45 (de Mato Grosso do Sul)
Árbitro: Marcos Mateus Pereira
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberto e Daiane Caroline Muniz dos Santos
Cartões amarelos: Rodrigo Grahl e Luiz Jorge (Operário); Andrade e Dogão (União/ABC)
Cartões vermelhos: Não houve.
Gols: Operário: Agnaldo, aos 24’ do primeiro tempo e 31’ do segundo tempo; Wilson, aos 38’ do primeiro tempo; e Rodrigo Grahl, aos 44’ do primeiro tempo.

OPERÁRIO: França; Da Silva, Fábio, Bruno e Luiz Jorge (Paulinho); Eduardo Arroz, Agnaldo, Leandro Diniz, Igor; Wilson, Rodrigo Grahl
Técnico: Celso Rodrigues

UNIÃO/ABC: Marco Antonio; Rogério, Dogão, Andrade, Sandrinho; Erick (Mazinho), Marcelo, Teixeira, Rizato; Luquinhas e Everton
Técnico: Robert Silva

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.