Ads Top

Retorno de Rodrigo Ost e subidas de Cafu são as preocupações de técnico do Joinville contra o Comercial

Apesar de uma distância de mais de 1.100 quilômetros separarem Joinville de Campo Grande, a comissão técnica do time catarinense parece ter acompanhado com atenção o Comercial nas últimas semanas. Em entrevista ao Globo Esporte de Santa Catarina, o técnico do Coelho, Fabinho Santos, mostrou conhecer as principais armas e destaques do time sul-mato-grossense neste início de temporada.

Foto: Rodrigo Philipps/RBS
De acordo com a análise da comissão técnica do Joinville, alguns pontos fundamentais foram notados na forma de jogo do Comercial, como a importância de Rodrigo Ost e o trabalho feito pelo setor direito do campo, além de características específicas da defesa.

“Temos algumas informações [sobre o Comercial]. A gente sabe que é uma equipe forte fisicamente, tem o lado direito que trabalha bem, o número 10 não jogou esse último jogo, mas é o destaque da equipe. A zaga deles gosta de sair jogando, conduzir a bola. São detalhes do jogo que estamos tentando passar pra eles sabendo mais ou menos o que a gente pensa”, disse o treinador.

Sem prometer surpresas na escalação em relação aos últimos jogos do time no Campeonato Catarinense e Primeira Liga, Fabinho Santos afirma que a expectativa é colocar força máxima, porém a situação física de alguns atletas preocupa e poderá ocasionar em mudança de última hora.

“A nossa primeira ideia é colocar força máxima. Se todos estiverem em condições, se acharmos que estão em condições de jogar, a gente vai entrar com a equipe que o torcedor já está se acostumando. Mas é um detalhe importante ver como os atletas estão. Temos alguns atletas que temos nos preocupado um pouquinho com a questão física”, concluiu.

Com apenas um desfalque confirmado – a lesão do lateral esquerdo Fernandinho, que dará lugar a Alex Ruan –, o Joinville deve começar a partida desta quarta-feira (15) com Jhonatan; Roberto, Henrique Mattos, Max e Alex Ruan; Renan Teixeira, Luiz Meneses e Lúcio Flávio; Ciro, Fabinho Alves e Aldair.

Comercial deve ter mudanças

Como já aconteceu na última partida, o técnico Márcio Bittencourt, do Comercial, deve promover uma equipe com nomes diferentes em todos os setores. No gol, o goleiro Zé Augusto, que falhou no final de semana ao sofrer um gol em chute do campo de defesa, ganhará mais uma oportunidade. Com isso, o experiente Martins, ídolo da torcida segue no banco.

No restante da defesa, o zagueiro David é dúvida já que saiu lesionado no último jogo e Fernando Andrade pode assumir vaga, enquanto na lateral esquerda Lucas Paulista deve deixar o time e Murilo Ceará assumir a titularidade.

O meio campo promete duas novidades: o volante Jeferson Querino pode deixar o time, mantendo Leno como titular e inserindo Rodrigo Ost, que não atuou no último jogo por estar suspenso. Já no ataque, Roger que chegou como nome de confiança do treinador e estreou com gol pode perder a vaga para Julio Cesar, que nas duas últimas partidas marcou gols após vir do banco.

Com essas alterações, o Comercial deve ir a campo com: Ze Augusto; Cafu, David (Fernando), Andresson e Murilo Ceará; Leno (Jeferson Querino), Nick, Rodrigo Ost e Glauber; Danielzinho e Júlio Cesar (Roger)

Assim como fez o Sete de Setembro na última quarta-feira (8), o Comercial precisará vencer o confronto para avançar à segunda fase do torneio; o time catarinense joga pelo empate ou vitória para seguir adiante. O vencedor do confronto enfrentará a equipe que passar no confronto entre São Raimundo/PA e Fortaleza/CE.

Por Arquibancada MS

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.