Ads Top

Clubes peitam TV, recusam jogo no meio de semana e FFMS define datas e horários das quartas de final

A reunião desta segunda-feira (28) entre os dirigentes dos clubes que se classificaram às quartas de final do Estadual 2017 começou quente e terminou com a cartolagem satisfeita, sem discordâncias entre horários dos jogos que eles queriam e que vai acontecer.

Foto: MS Esporte Clube
No início do encontro, um representante da TV Morena, que transmite a competição, também participou da conversa, tentando convencer os dirigentes para que um dos jogos fosse transferido para esta quarta-feira (29). Porém, todos se negaram, principalmente o Novo.

O duelo entre Novo e Águia, que na ida acontece no Morenão, era o cogitado pela emissora para ser remanejado para quarta. Porém, o presidente do alviverde, Américo Ferreira, recusou a mudança, apesar de ter contrato assinado com a TV, recebendo R$ 12,5 mil no início do torneio.

Logo depois da recusa, Américo também saiu irritado da sala, afirmando que achava que apenas presidentes poderiam participar dela - no caso, se referindo ao diretor de negócios do Operário, Anderson Ramos, e ao diretor de futebol do Comercial, Paulo Telles, que lá também estavam.

Mesmo sem a presença de Américo e do representante da TV, a reunião continuou, sendo acertados os últimos detalhes, como horários, datas, entre outros. Tanto na ida, como na volta, o duelo entre Comercial e Sete será o transmitido pela TV, às 15h dos domingos (2 e 9 de abril).

Ao fim do encontro, cada um dos presidentes que lá permaneceram também levaram seis novas bolas para reforçar o material dos clubes.

Veja abaixo como ficaram os duelos das quartas de final:

IDA 

Sábado (1)
União x Corumbaense - Morenão, 16h

Domingo (2)
Sete x Comercial - Douradão, 15h
Novo x Águia Negra - Morenão, 15h
Urso x Operário - Toca do Urso, 15h

VOLTA

Sábado (8)
Operário x Urso - Morenão, 17h*
Corumbaense x União - Arthur Marinho, 18h

Domingo (9)
Comercial x Sete - Morenão, 15h
Águia Negra x Novo - Ninho da Águia, 17h

*partida marcada para às 17h, mas o Operário deve pedir mudança para as 18h

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.