Ads Top

Líder do Estadual, Águia Negra depende de boa renda de bilheteria neste domingo para pagar atletas

O Águia Negra começou o ano sem saber se conseguiria ou não disputar o Campeonato Estadual. Viabilizou o mínimo de recursos financeiros para montar um time competitivo e, quase no fim da primeira fase, o resultado não poderia ser melhor. Venceu seis dos oito jogos que disputou, foi o primeiro a conseguir classificação e mantém a melhor campanha entre todos participantes.

Foto: Noé Faria/Divulgação
Apesar do desempenho, a saúde financeira segue complicada. A diretoria conseguiu pagar 75% dos vencimentos de fevereiro e conta com o apoio do torcedor para poder quitar o restante nos próximos dias. A intenção é que a renda da partida deste domingo, no Estádio Ninho da Águia, contra o Naviraiense, resolva esse problema.

Pelo menos é o que espera o presidente, Iliê Vidal. Segundo ele, se o Águia voltar a ter a média de público de outros anos, vai ajudar. “Precisamos da renda do próximo jogo para nos ajudar a pagar os salários dos jogadores. Por outro lado, queremos trazer o torcedor de volta para o Ninho e o melhor jeito para isso é baixarmos o preço dos ingressos. É um dilema difícil de resolver”, lamenta.

Para esse jogo, o setor de arquibancadas cobertas custam R$ 15, mas o torcedor que preferir as descobertas vai pagar apenas R$ 5. “Esse é mais um esforço do Águia Negra para que o torcedor de Rio Brilhante e da região que goste do clube vá acompanhar o jogo no estádio isso também nos ajuda”. De acordo com Iliê, o clube conta hoje com o apoio de empresas locais, mas ainda insuficiente para quitar todas as despesas mensais da competição.

Rival na berlinda

O jogo, apesar do Águia já estar classificado e com a liderança quase garantida, tem um atrativo especial. Dependendo dos resultados da rodada, pode decretar o primeiro rebaixamento da história do Naviraiense, clube campeão em 2009 e que decidiu o título com o próprio Águia Negra em 2012.

Desde que o clube disputou a Série A pela primeira vez em 2008, o Jacaré nunca esteve em situação tão crítica. Neste ano, não venceu nenhum dos oito jogos que disputou e, caso não vença domingo, pode ter a sua situação definida se o Ivinhema vencer o Sete de Dourados em casa.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.