Ads Top

Operário terá Show do Intervalo com Delinha no duelo de domingo contra a Serc no Morenão

Um show no intervalo com a cantora Delinha, ícone da música sertaneja em Mato Grosso do Sul. Essa é a atração que o Operário estreará no jogo diante da Serc, de Chapadão do Sul, neste domingo, às 15 horas, no Estádio Morenão, pela décima e última rodada da primeira fase do Campeonato Estadual 2017.

“Futebol e música, uma combinação da cultura popular brasileira que sempre fez a alegria dos estádios e a Delinha é uma cantora bastante conhecida e muita respeitada, que representa a essência do sul-mato-grossense”, disse o gestor de marketing do Operário Futebol Clube, Orlando Arnoud, ao confirmar o Show do Intervalo com a artista, neste domingo.

Divulgação
Segundo ele, no repertório da apresentação, além de alguns dos seus grandes sucessos, como o “Sol e a Lua”, “Malvada” e “Cidades Irmãs”, Delinha, de 81 anos, deverá cantar o hino do Operário. “Ela interpreta o hino do clube de uma forma muito especial e com muito sentimento. Vale muito a pena ouvir”, disse Arnoud.

Chamada de “Dama do Rasqueado”, estilo musical herdado da cultura paraguaia, Delinha formou ao lado do seu marido, Délio, já falecido, uma das duplas mais conhecidas da música sul-mato-grossenses, referência e inspiração de vários artistas locais que hoje fazem sucesso pelo Brasil, como Michel Teló e a dupla João Bosco e Vinícius, por exemplo.

No seu auge, a dupla Délio e Delinha fez muito sucesso não apenas nesta parte do Brasil, mas em todo o país nas décadas de 1950 e 1960, a ponto de ser batizada de “O Casal de Onças de Mato Grosso”.

Outra atração preparada pelo Operário para o jogo deste domingo será o Extracampo, uma ação focada nas crianças que transforma a área de estacionamento ao lado do vestiário do clube visitante, no setor de arquibancada coberta do Estádio Morenão em um verdadeiro parque de diversão.

“Estaremos no estádio esperando a criançada. Além do foodtruck com vários tipos de lanches, a partir do meio dia vamos ter brinquedos pula-pula, corrida de saco, pula corda, escorregador gigante e chute a gol”, comentou o gestor de marketing do Operário.

Na liderança isolada do Grupo A com 17 pontos ganhos e garantido nas quartas de final do Estado, o Operário só precisa de mais um ponto para terminar a primeira fase em primeiro lugar. Já a Serc, de Chapadão do Sul, tem 11 pontos e depende de uma vitória para seguir adiante na competição ou cair para a Série B.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.