Ads Top

Veja quem são os campeões e os lanternas em público, renda e preço de ingressos neste Estadual

A primeira fase do Campeonato Sul-mato-grossense 2017 chegou ao fim trazendo uma enxurrada de números. Além dos relacionados ao futebol em campo, que podem ser vistos neste link, o público, renda e preço médio dos ingressos também são uma atração à parte.

E desde já antecipamos: o Corumbaense outra vez é o campeão deste ano, tanto analisando público pagante e público total. Quem aparece logo atrás é o Operário. Já na parte de baixo do ranking, União e Ivinhema ostentam a lanterna nesses atributos.

Nas médias, obviamente, são levados em consideração apenas os públicos quando o clube foi o mandante da partida, mesmo que o estádio onde jogue como visitante seja o mesmo de quando tem o mando de campo, caso que acontece em Campo Grande, onde o Morenão é usado por quatro times.

Uma das conclusões que podemos chegar também é que o barato dá lucro. Pelo menos no caso do Corumbaense, que tem o preço médio do ingresso mais barato do MS, e mesmo assim tem a maior renda líquida e a segunda renda bruta - perdendo apenas para o Operário, segundo na renda líquida.

Todos os dados, que podem inclusive embasar estratégias de marketing dos clubes, ser conferidos logo abaixo e foram baseados nos borderôs das partidas. Para formar o preço médio dos ingressos, foi levado em consideração a renda bruta dos clubes.


Público e renda

Maior público total: Operário 3x1 Comercial, 19/2, Morenão - 6.751
Maior público pagante: Operário 3x1 Comercial, 19/2, Morenão - 5.501
Maior renda bruta: Operário 3x1 Comercial, 19/2, Morenão - R$ 68.015
Maior renda líquida: Operário 3x1 Comercial, 19/2, Morenão - R$ 40.116,89

Curiosidade: o primeiro Comerário do ano foi de longe o duelo mais rentável do ano. Com 5.501 pagantes, é seguido por dois jogos do Corumbaense - 3.699 pagantes contra o Naviraiense e 3.625 contra o Águia Negra. Porém, a renda desses jogos somados chega a apenas metade do Comerário (respectivamente, renda líquida de R$ 11.084 e R$ 10.959,41, e bruta de R$ 25 mil e R$ 24.745).

Menor público total: Ivinhema 1x1 Sete, 19/3, Saraivão, 110
Menor público pagante: Naviraiense 2x4 Corumbaense, 15/3, Virotão - 75
Menor renda bruta: Ivinhema 1x1 Sete, 19/3, Saraivão - R$ 550
Menor renda líquida: Operário 2x0 Costa Rica, 16/3, Morenão - R$ 8.755,44 negativos

Curiosidade: O Morenão apresenta três maiores prejuízos. Além de Operário x Costa Rica, aparecem União x Operário, com saldo negativo de R$ 8.282,67, e Operário x Serc, com R$ 8.085,19 negativos. O grande vilão é o aluguel do estádio e custos inerentes.

Curiosidade: O Morenão também recebeu o terceiro pior público pagante, no jogo Novo 2x2 Costa Rica (110 pessoas), que garantiu a permanência do clube na Série A. O segundo pior público pagante foi Ivinhema 1x1 Sete (80 pagantes). Já os duelos do União com o Novo e com a Serc, respectivamente, fecham a lista de três menores rendas brutas (R$ 710 e R$ 740, respectivamente).


Média de público total

1   - Corumbaense – 3.319
2   - Operário – 2.206
3   - Comercial – 1.400
4   - Águia Negra – 743
5   - Sete de Dourados – 600
6   - Serc – 572
7   - Novo – 520
8   - Urso – 463
9   - Naviraiense – 342
10 - Costa Rica – 288
11 - Ivinhema – 226
12 - União – 224

Média de público pagante

1  - Corumbaense - 2.639
2  - Operário - 1.688
3  - Comercial - 811
4  - Águia Negra - 517
5  - Sete de Dourados - 409
6  - Serc - 405
7  - Urso - 338
8  - Novo - 335
9  - Naviraiense - 221
10 - União - 195
11 - Costa Rica - 188
12 - Ivinhema - 157

Arrecadação total líquida

1  - Corumbaense - R$ 37.531,21
2  - Operário - R$ 29.012,27
3  - Águia Negra - R$ 12.744,03
4  - Sete de Setembro - R$ 9.468,76
5  - Urso - R$ 8.643,11
6  - Naviraiense - R$ 7.770,73
7  - Ivinhema - R$ 6.447,96
8  - Serc - R$ 5.349,16
9  - Costa Rica - R$ 1.740,25 negativos
10 - Novoperário - R$ 10.446,18 negativos
11 - Comercial - R$ 16.064,15 negativos
12 - União - R$ 28.233,35 negativos

Arrecadação total bruta

1  - Operário - R$ 103.308
2  - Corumbaense - 84.253
3  - Comercial - R$ 55.165
4  - Novo - R$ 27.639
5  - Águia Negra - R$ 24.400
6  - Serc - R$ 16.324
7  - Urso - R$ 14.565
8  - Sete de Dourados - R$ 14.192
9  - Naviraiense - R$ 11.300
10 - Costa Rica - R$ 8.675
11 - Ivinhema - R$ 7.847,50
12 - União - R$ 6.885

Preço médios dos ingressos

1  - Novo - R$ 16,51
2  - Comercial - R$ 13,60
3  - Operário - R$ 12,24
4  - Naviraiense - R$ 10,21
5  - Ivinhema - R$ 10,02
6  - Águia Negra - R$ 9,44
7  - Costa Rica - R$ 9,22
8  - Urso - R$ 8,62
9  - Serc - R$ 8,06
10 - União - R$ 7,06
11 - Sete de Dourados - R$ 6,95
12 - Corumbaense - R$ 6,38

Campeonato

Total de jogos: 60
Público total - 54.515 (total); 908 (média)
Público pagante - 39.516 (total); 659 (média)
Renda bruta - R$ 374.553,50 (total); R$ 6.242,56 (média)
Renda líquida - R$ 63.963,80 (total); R$ 1.066,06 (média)
Preço do ingresso - R$ 9,48 (média)

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.