Ads Top

Após ganhar prêmio Bola de Ouro, Jô faz 'repeteco' e também vence o Craque do Brasileirão 2017

Campeão pelo Corinthians e eleito Bola de Ouro em premiação agora nas mãos da ESPN Brasil mais cedo, o atacante corintiano Jô foi o protagonista deste segunda-feira (4) ao receber o prêmio de Craque do Brasileirão, em cerimônia organizada pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol), nesta noite.

Divulgação
A seleção ficou escalada com Vanderlei (Santos); Fagner (Corinthians), Geromel (Grêmio), Balbuena (Corinthians) e Guilherme Arana (Corinthians); Arthur (Grêmio), Bruno Silva (Botafogo), Hernanes (São Paulo) e Thiago Neves (Cruzeiro); Henrique Dourado (Fluminense) e Jô (Corinthians). O técnico escolhido foi Fábio Carille (Corinthians).

As mudanças com relação ao Bola de Prata foram Arana no lugar de Carleto (Coritiba), Arthur no lugar de seu companheiro de time, Michel, Bruno Silva (Botafogo) como volante no lugar de Hernanes, escalado no prêmio da CBF como meia.

Ao contrário do prêmio do Bola de Prata, que escalou a Seleção com um 4-2-3-1, a CBF usou um 4-4-2. Com isso, Dudu (Palmeiras) e Luan (Grêmio) também ficaram fora da premiação da CBF.

Já o prêmio de Fair-Play foi conquistado pelo Grêmio, enquanto Raphael Claus foi eleito o melhor árbitro do Brasileirão. A revelação da competição foi Arthur, que tem 21 anos e negocia com o Barcelona. O técnico revelação foi Carille.

O golaço de Hernanes contra a Ponte Preta foi eleito o mais bonito do campeonato, e a defesa de Vanderlei, contra o Sport, foi a melhor da competição. Além do gol mais bonito, Hernanes recebeu também a votação popular como Craque da Galera.

O torcedor do Sport, além de ter comemorado a permanência na Série A, ganhou também o prêmio Não é Só Esporte, pela homenagem nas arquibancadas a Abel Braga, poucos dias após a morte de João Pedro, filho do treinador do Fluminense.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.