Ads Top

Virou caso de polícia! Presidente do Misto vai à Depac e registra BO contra a Federação de Futebol

O adiamento da final da Série B de 2017 deu pano pra manga! Após o STJD aceitar recurso da FFMS e suspender o duelo entre Misto e Operário de Dourados até que o caso seja julgado pelo órgão máximo da Justiça Desportiva, o presidente do clube três-lagoense procurou a polícia e registrou um boletim de ocorrência contra a Federação.

Noé Faria
Gerson de Souza registrou o caso de "Preservação de Direito" reclamando do não comparecimento de adversários, equipe de arbitragem e delegado do jogo. Ele afirma que só foi avisado da suspensão horas antes pela FFMS - o informe chegou às 11h e o jogo aconteceria às 16h.

"O tramite legal para suspender a partida seria o delegado de Esporte comparecer no estádio, no horário do certame e notificar a arbitragem e as equipes participantes, para assim, ser devidamente suspensa", disse Gerson aos policiais.

O presidente do Misto ainda afirma que o clube teve prejuízo com o aluguel do estádio e outras despesas corriqueiras. Segundo o site JPNews, o vice-presidente do Misto, Estevão Falco, diz que não houve venda de ingressos antecipados e, por isso, não houve prejuízo financeiro ao torcedor.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.