Ads Top

Estreando em casa, Águia Negra não vacila, é superior nos 90 minutos e faz 3 a 0 no Urso

O Águia Negra fez boa estreia no Estadual 2018 e venceu o Urso por 3 a 0 na tarde deste domingo (21), em duelo realizado no estádio Ninho da Águia, em Rio Brilhante. O resultado de hoje faz os donos da casa emparem em pontos com Corumbaense e Sete de Dourados.

Foto: Diego Batistoti
Já o Urso de Mundo Novo fica na lanterna, com duas derrotas em duas partidas - o Operário de Dourados, que também não pontuou, tem só um jogo realizado. O próximo adversário do Tigre douradense será justamente o Águia, na próxima quarta-feira (24), às 20h10, no Douradão.

O duelo de hoje começou com o time rio-brilhantense apostando na posse de bola e buscando espaços na defesa fechada dos visitantes. Assim, logo o Águia Negra abriu o placar. Aos cinco minutos, Leandro Branco fez lançamento para a passagem do lateral direito William, que bateu para o gol.

A equipe da casa seguiu pressionando e quase fez o segundo aos 13 minutos de bola rolando, enquanto o Urso assustou poucas vezes. Todas ações até o intervalo pararam nas mãos do goleiro Roger Medeiros, do Urso, e Matheus, do Águia Negra.

Na etapa final, mais uma vez os rubro-negros começaram em ritmo forte e com apenas dois minutos ampliou o marcador. Em cobrança de escanteio, a bola sobrou na pequena área para o zagueiro Dionatam só empurrar para o fundo das redes.

Daí em diante, o Águia Negra preferiu tirar o pé do acelerador e administrar a vantagem. Ainda assim, a equipe conseguiu marcar o terceiro gol, aos 39 minutos. Após avanço pela esquerda, a bola foi cruzada para dentro da pequena área.

Entretanto, ela foi direto para o rumo do gol. Roger Medeiros ainda tentou tirá-la, mas ela bateu na primeira trave e sobrou livre na entrada da pequena área para o atacante Preto, depois de tanto tentar, finalmente marcar o gol dele e o terceiro da partida, fechando o marcador.

Antes do fim da partida, nos acréscimos, o zagueiro Hulk, do Urso, colocou o braço na bola dentro da grande área. O árbitro Marcos Mateus marcou pênalti, incontestável. Preto foi para a cobrança, porém, Roger Medeiros fez grande defesa e evitou o quarto gol.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.