Ads Top

Urso x Sete tem mando invertido e é adiado para quinta-feira; clube de Dourados segue preparação

A inversão do mando de campo do duelo entre Urso e Sete, que inicialmente aconteceria na tarde de quarta-feira (17) em Mundo Novo, mas problemas nos laudos fizeram com que fosse transferido para Dourados e para quinta-feira, não mudou a programação de treinos do time douradense.

Foto: Franz Mendes
O técnico Márcio Santos aproveitou a segunda-feira chuvosa na segunda maior cidade do Estado para fazer movimentação no Centro de Treinamento do clube, pela manhã, e no Estádio da Leda à tarde. Aos poucos os ajustes estão sendo feitos.

O treino no CT foi em campo reduzido e focado no aprimoramento nas finalizações. "Estamos nos preparando para o que vamos encontrar durante o jogo", disse o treinador. Para esse primeiro jogo, Márcio ainda espera para confirmar a participação dos laterais Léo Félix e Jô. O primeiro sente um desconforto muscular e o segundo tem uma pendência na documentação.

Márcio já deve ter à disposição os últimos contratados para o campeonato. O lateral e volante Gilton, o meia-atacante Lucas Adão e o atacante Lucas Mauro devem ter o nome no BID da CBF junto com os demais jogadores nesta terça.

Mudança

O confronto entre Sete de Dourados e Urso estava agendado para quarta no Estádio Toca do Urso, mas, segundo o vice-presidente da Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) e coordenador de competições, uma nova vistoria da Policia Militar na manhã desta segunda impediu a realização da partida no local até que sejam sanadas algumas pendências.

A solução foi inverter o mando do jogo e transferi-lo para a quinta-feira (18), 20h15, no Estádio Douradão. Assim, o confronto do returno acontece em Mundo Novo.

Com a confirmação da mudança, a diretoria do Sete trabalha na logística para a partida em casa. Os ingressos começam a ser vendidos nesta terça-feira (16) no Quiosque do Sete no Shopping Avenida Center, na Camisa 10 e no Salim Esportes.

Os ingressos para cadeira custam R$ 10 e arquibancadas R$ 5, metade do valor a ser praticado nas demais partidas. “Colocamos preço bem popular mesmo para poder atrair o torcedor neste primeiro jogo”, disse o gestor, Tony Montalvão.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.