Ads Top

Águia Negra empata com o Novo; Sete faz três no União e fica perto de garantir vaga na semi

Os dois primeiros jogos da rodada tripla desta quinta-feira (15) no estádio Morenão, válidos como partidas de ida das quartas de final, terminaram com vantagem para os times do interior de Mato Grosso do Sul. No primeiro duelo do dia, o Águia Negra empatou com o Novo em 1 a 1. Depois, o Sete bateu o União por 3 a 1.

MS Esporte Clube
O rubro-negro de Rio Brilhante abriu o placar aos 18 minutos de bola rolando. Em cobrança de escanteio, Leandro Branco apareceu na primeira trave para desviar a bola para dentro da pequena área e contar com Guilherme para completar para o gol.

Já o empate veio aos 33 minutos, também da etapa inicial. Léo Colman foi derrubado dentro da grande área e a arbitragem marcou pênalti. Na cobrança, Matheus Dulcídio não desperdiçou e colocou o 1 a 1 no marcador do Morenão.

Com o resultado de hoje, o Águia Negra - que poderia perder por até um gol que garantiria a classificação caso o duelo com o União não tivesse sido anulado - agora pode empatar em casa que está na semifinal. O  jogo acontecerá domingo (18), a partir das 17h, em Rio Brilhante.

Sete vence e fica confortável

No segundo jogo da rodada, o Sete não vacilou e bateu o União por 3 a 1, o que dá uma vantagem de dois gols para os douradenses no duelo de volta, que acontece também domingo, às 15h, no estádio Douradão. Para se classificação o União precisa vencer por uma diferença de três gols.

A partida começou com o Sete estudando o adversário, enquanto os tricolor da Capital apostou na velocidade para surpreender. Porém, quem abriu o placar foram os visitantes. Aos 17 minutos, Rodrigo Ost apareceu pelo meio e deu belo passe para Leandrinho só bater cruzado.

Daí em diante houve maior equilíbrio, mas nos acréscimos, aos 48 minutos, em cobrança rápida de lateral pela esquerda, a defesa do União foi pega de surpresa e Rodrigo Ost ganhou na corrida e ficou com a bola, frente a frente com o goleiro Marcão, que nada pode fazer.

Com 2 a 0 no placar, o tricolor se arriscou e fez mudanças no intervalo, colocando Osvaldo no lugar de Copete. Melhor em campo, o União ameaçou bastante o adversário, mas acabou sofrendo o terceiro gol aos 25 minutos, após bola cruzada parar nos pés de Jackson.

Antes do fim do jogo, os donos da casa ainda tiveram tempo para descontar no placar. Aos 43 minutos, a bola foi alçada na área do Sete, mas o goleiro Diego falhou - e depois reclamou de falta. A bola sobrou para Raylan só escorar e marcar o gol de honra do União, fechando o 3 a 1.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.