Ads Top

No reencontro com ex-treinador, Corumbaense bate o Dom Bosco por 2 a 1 e conquista primeira vitória na Série D

No reencontro com o ex-treinador Gianni Freitas, o Corumbaense bateu a equipe mato-grossense do Dom Bosco por 2 a 1 e conquistou sua primeira vitória na competição, somando agora três pontos que podem deixar o time, ao fim da rodada, na segunda posição do Grupo A10. Já o Dom Bosco, que teve dois expulsos durante o jogo e outro no final, amarga a lanterna da chave.

Reprodução
O Carijó da Avenida entrou em campo buscando o gol desde o início, e assim o fez, aproveitando que jogada em casa, o estádio Arthur Marinho, neste sábado (28). Com apenas meio minuto de jogo, no segundo lance ofensivo da partida, Valdinei cruzou para a área e a defesa cuiabana tirou a bola. Porém, Sandrinho ficou com a sobra e foi derrubado.

O árbitro marcou pênalti e foi alvo de muita reclamação. Depois que tudo foi resolvido, o meia Agnaldo foi para a cobrança e abriu o placar do jogo. Porém, o Dom Bosco não abaixou a cabeça e buscou o empate, conseguindo minutos depois.

Aos oito, em falta na entrada da grande área do Corumbaense, o zagueiro dom-bosquino Odail partiu para a cobrança e soltou uma bomba rasteira. O goleiro Guilherme caiu para a defesa, mas acabou soltando ela no meio da área, sobrando rebate para o Heltinho, que não desperdiçou e fez o gol.

Com o placar igual, o Corumbaense não podia se acomodar. A vida do time ficou mais fácil aos 36 minutos, após confusão no meio-campo entre jogadores dos dois times em que o autor do gol dos mato-grossenses, Heltinho, acabou acertando um chute no adversário e foi expulso.

Apesar de ter um jogador a mais em campo, o desempate veio apenas aos 12 minutos da etapa final. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou na direita da pequena área para o estreante Michel Paulista, que acabou encobrindo o goleiro rival e garantindo os três pontos.

Antes do fim do jogo, Felipe Profeta acabou atingido por trás um jogador do Corumbaense e recebeu o segundo cartão amarelo. Com o apito final, o árbitro da partida foi rodeado pelos jogadores da equipe cuiabana. Michel foi expulso e Lopes levou o amarelo por reclamação.

Diante do resultado de hoje, o Carijó aguarda o duelo entre Brasiliense e Iporá, que acontece neste domingo (29), ás 15h (horário de MS). Em caso de empate, os dois times ficarão com quatro pontos e o Corumbaense ficará em terceiro no grupo, enquanto a vitória dos candangos por dois ou mais gols deixa o alvinegro na vice-liderança - o mesmo ocorria em vitória, por qualquer placar, do Iporá.

Já pelo Grupo A11, onde está o Novo, outro time sul-mato-grossense, o Aparecidense-GO bateu o Ceilândia-DF por 3 a 2 e assumiu a liderança provisória, já que o Novo e Sinop, mandante do duelo deste domingo, às 18h, também podem assumir o posto pelo saldo de gols.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.