Ads Top

Precisando vencer na Série D, Corumbaense vai ao MT e Novo recebe o Sinop no próximo domingo

Corumbaense e Novo entram em campo no próximo domingo (20) de olho na vitória para não deixarem escapar as chances de classificação para a próxima fase. Em situações diferentes em seus grupos, ambos possuem a mesma quantidade de pontos e precisam somar mais três para seguir vivos. O alvinegro joga fora de casa, enquanto o alviverde joga na Capital.

Foto: Erik Silva/Divulgação/Arquivo
Pelo Grupo A10, o Carijó vai até Cuiabá encarar o Dom Bosco e precisa vencer a partida que começa às 16h. Atualmente com quatro pontos, o time de Corumbá ocupa a terceira posição, enquanto o Dom Bosco é o lanterna. Já o segundo lugar é do Brasiliense, que vai até o interior de Goiás encarar o Iporá, líder absoluto e antecipadamente classificado, com 12 pontos.

O duelo começará também no domingo, meia-hora antes da partida do Corumbaense. Duas combinações de resultados eliminariam o time da fronteira já nesta penúltima rodada: em caso de derrota do Carijó, um simples empate do Brasiliense; em caso de empate do clube sul-mato-grossense, uma vitória do Jacaré.

Na primeira hipótese, o Corumbaense continuaria com quatro pontos, enquanto o Brasiliense subiria para oito e não poderia mais ser alcançado. Já na segunda, o alvinegro ficaria com cinco pontos, mas o time da capital federal ficaria com 10 - e também não seria mais alcançado.

Porém, a melhor combinação para o Carijó da Avenida é uma vitória sobre o Dom Bosco em Cuiabá e uma derrota do Brasiliense para o Iporá, de preferência em ambos os casos, por larga vantagem, já que o Jacaré goleou o Corumbaense e abriu vantagem no saldo de gols, derrubando o saldo alvinegro (são, respectivamente, quatro gols contra cinco negativos).

Na última rodada, domingo (27), o Corumbaense recebe o Iporá, enquanto o Brasiliense joga em casa contra o já eliminado Dom Bosco. Os jogos serão disputados simultaneamente às 17h (horário de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso, 18h de Brasília).

Grupo A11 embolado

O Novo também precisa ir às contas para saber suas chances. Apesar de atualmente ser lanterna do Grupo A11, o time está empatado em pontos com o terceiro colocado Ceilândia - perde no saldo de gols - e a três pontos do líder Aparecidense e do vice Sinop, adversário deste fim de semana.

A vitória é essencial para o clube, que tem quatro pontos e subiria para sete, empatando com o rival do norte do Mato Grosso. Além disso, no sábado (19), às 14h30 (MS), o Ceilândia recebe o Aparecidense - dependendo dos resultados desses jogos, o Novo pode até pular para a liderança, mas também existe a possibilidade de eliminação.

Para subir à ponta, o time de Campo Grande precisa torcer por uma vitória do Gato Preto com diferença de um ou dois gols e depois golear o Sinop com uma diferença de quatro gols para conseguir, pelo saldo de gols, assumir a liderança - existe outras possibilidades, mais remotas, de outros placares sendo resolvidos até pelo número de cartões.

O contraponto é a eliminação que pode chegar com antecipação, matematicamente, caso o Novo perca e o Ceilândia não vença o Aparecidense. Um empate não eliminaria o time campo-grandense, mas tornaria as possibilidades de classificação remotas.

A partida entre Novo e Sinop acontece às 16h no Morenão e marcará o "retorno" de Celso 'El Loco' Teixeira à cidade onde comandou o Operário no Estadual de 2016, o primeiro do time após voltar a Série A do Sul-mato-grossense, ficando em terceiro lugar.

Celso foi anunciado como o novo treinador do Sinop na terça-feira (15) para o decorrer da Série D e fará a estreia pela equipe no Morenão. Ele acumula vários títulos estaduais no Nordeste e, depois do Operário, dirigiu o Campinense. Quando ficou à frente do Galo na Capital, ele encarou o Novo duas vezes, empatando o primeiro duelo em 2 a 2 e vencendo o segundo por 2 a 0, ambos nas Moreninhas.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.