Ads Top

Rival do Carijó na Série D, Brasiliense vê membros do clube citados em novo escândalo

Rival do Corumbaense e vice-líder do Grupo A10 com sete pontos - três a mais que o Carijó - que tem quatro e está no terceiro lugar, brigando pela classificação -, o Brasiliense se vê envolto em mais um escândalo de manipulação de resultados no futebol. Por ora, um auxiliar de fisioterapia do clube já foi punido, mas um diretor foi acusado por ele como "mandante".

Reprodução
Apesar de envolvem pessoas ligadas ao Jacaré do DF, a partida que culminou na denúncia não envolvia a equipe e foi válida pela Copa do Brasil. O jogo em questão foi entre Manaus e CSA. O árbitro do duelo, Vanderlei Soares de Macedo, que é do Distrito Federal, denunciou Pedro Crema, do Brasiliense, que o teria procurado oferecendo suborno.

Como o possível futuro adversário do Brasiliense na competição não sairia dessa partida - e o time também foi eliminado pelo Oeste -, a suspeita é que tudo se trata de um grande esquema de apostas. O STJD (Supremo Tribunal de Justiça Desportiva) recebeu a denúncia feita pelo árbitro, que disse ter recebido oferta de R$ 20 mil para favorecer o Manaus.

O caso já foi julgado na sexta-feira retrasada (11) e Pedro Crema foi suspenso por 365 dias de qualquer atividade ligada ao futebol, além de ter que pagar multa de R$ 10 mil. Em depoimento, ele confessou que tentou subornar Vanderlei, acrescentando ainda que fez isso a mando de Paulo Henrique Lorenzo, gerente de futebol do Brasiliense.

Toda a situação foi encaminhada pelo STJD para investigação do Ministério Público do Distrito Federal, que acredita que o suborno faz parte de um esquema maior. Em entrevista ao GloboEsporte.com, o presidente do Manaus, Giovanni Silva, diz nunca ter conversado com Crema e não saber o motivo da situação ter ocorrido.

"A única coisa que passa pela nossa cabeça são apostas de sites. Particularmente eu já vi isso, e vi também o Manaus configurado nestes sites", afirma Giovanni. Já o gerente do Brasiliense, Paulo Henrique Lorenzo, foi procurado pelo Esportes Brasília e disse não ter nada a declarar.

Série D

Neste domingo (20), o Brasiliense visita o líder do grupo A10, Iporá, que tem 12 pontos e já está classificado. A partida acontece às 14h30. Já o Corumbaense vai até Cuiabá encarar o lanterna e já eliminado Dom Bosco, que não somou nenhum ponto, a partir das 16h.

Essa é a quinta de seis rodadas da primeira fase da Série D, disputada no sistema de grupos. Além do Iporá, outros seis times já estão classificados para o mata-mata. São 17 chaves com quatro clubes, passando de fase o primeiro colocado de cada e os 15 melhores segundos colocados.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.