Ads Top

Alemanha começa mal, tem um expulso, mas consegue virada sobre a Suécia e está viva na Copa

A Alemanha já chegou pressionada para a partida contra a Suécia . Depois de perder para o México na primeira rodada, uma derrota eliminaria a atual campeã da Copa do Mundo . No entanto, a seleção germânica conseguiu buscar um empate, viu Neuer salvar a equipe e, com um gol de Kross aos 50 do segundo tempo, venceu por 2 a 1 e deu boas chances de classificação.

Divulgação/Fifa
A Suécia abriu o placar aos 12 minutos com um golaço de cobertura de Toivonen. A Alemanha empatou no início do segundo tempo com Marco Reus. No final do segundo tempo, Boateng ainda foi expulso.

Mesmo com um a menos, os Kross cobrou falta quase sem ângulo e fez o gol do milagre. Com o resultado, a equipe comandada por Joachim Löw precisa vencer a Coreia do Sul e torcer contra uma vitória do México para terminar como líder do Grupo F

O jogo

Precisando do resultado para ter boas chances de avançar para a próxima fase da Copa do Mundo, a Alemanha foi para cima logo napós o início da partida. Aos 2 minutos, Werner entrou na área e finalizou em cima de Olson. O goleiro espalmou para frente e a bola foi nos pés de Reus. O atacante finalizou, mas não conseguiu acertar o alvo.

VEJA MAISSimule resultados e veja quem passa para as oitavas e quem cai na #Copa2018

A Alemanha ficava trocando passes na entrada da área da Suécia, mas não conseguia concluir em gol as jogadas que criava. Aos 7 minutos Draxler cruzou e ninguém apareceu para completar. Depois, foi a vez de Reus que invadiu a área, mas a defesa conseguiu fazer o desarme. Em certo momento, os germânicos já haviam trocado 122 passes contra apenas 6 dos adversários.

A resposta da Suécia veio aos 12 minutos. Depois de erro alemão na saída de bola, Berg recebeu em profundidade entre os dois zagueiros e disparou em direção a área. Quando foi finalizar, Boateng chegou dividindo com o atacante, deu um leve empurrão e o sueco chutou em cima de Neuer quando já estava caindo. Os jogadores nórdicos ficaram pedindo pênalti no lance.

Aos 25 minutos, o volante Rudy levou um chute no rosto, sem intenção, quebrou o nariz e teve que deixar o campo cinco minutos depois, dando lugar a Gündogan.

Logo depois da substituição veio o mair castigo para a Alemanha. Kroos tentou sair jogando, mas errou passe fácil pelo meio e armou um contra-ataque para a Suécia. Toivonen recebeu em velocidade e finalizou com muita categoria, encobrindo Neuer, e marcou um golaço. O resultado já eliminava os germânicos na fase de grupos.

Aos 38 a Alemanha chegou novamente. Kroos arriscou de longe, a bola desviou e Olsen fez uma grande defesa. No rebote, Müller quase chegou completando, mas a defesa fez o corte no último momento. A bola ainda ia na dirção do gol, mas o goleiro se esticou todo, já caído, e deu um leve toque, mas o suficiente para sair pela linha de fundo.

No último minuto do primeiro tempo, a Suécia quase ampliou a vantagem. Após cruzamento, Berg ganhou no alto e cabeceou dentro da área. A bola ia no canto de Neuer, mas o goleiro alemão fez uma defesa espetacular, e evitou o segundo gol.

Na volta do intervalo, a Alemanha se comportou assim como no início do primeiro tempo: ser ofensivo e buscar logo o gol. E ele saiu aos 2 minutos. Mario Gómez, que tinha acabado de entrar, foi até a linha de fundo e cruzou a meia altura. Reus invadiu pelo meio e completou de joelho para completar e mandar a bola para o fundo da rede. Gol de empate que estava salvando a seleção da eliminação antecipada.

Aos 15 minutos, Reus teve uma boa oportunidade de marcar o seu segundo gol e virar a partida. pelo lado direito, Kimmich avançou e cruzou rasteiro perto da pequena área. A bola foi atrás de Reus, que tentou finalizar de letra, mas acabou furando a bola. O atacante estava sozinho e na frente do gol.

Sete minutos depois, a Alemanha teve uma chance incrível, mas Mario Gomez conseguiu perder. Rüdiger mandou por elevação para dentro da área e o atacante alemçao entrou nas costas dos zagueiros e apareceu sozinho para completar quase na pequena área, mas pegou muito embaixo da bola e isolou. Era uma chance claríssima, mas o centroavante fez o mais difícil. Depois do lance, o assistente marcou impedimento de forma errado. Se tivesse sido gol, o VAR iria confirmar o tento da virada.

Faltando 10 minutos para o fim do tempo regulamentar, Boateng, que já tinha cartão amarelo, fez falta dura em Berg, levou o vermelho e deixou a Alemanha com um homem a menos. Mesmo assim, o treinador alemão tirou Hector e colocou Brandt no final e foi para o tudo ou nada.

Um minuto depois, a Suécia poderia ter se aproveitado da vantagem numérica para se garantir na próxima fase. Após cobrança de falta da direita, bola foi desviada no meio do caminho e Neur, mesmo escorregando, fez uma defesa importantíssima.

Mesmo com 10 em campo e um time muito ofensivo, a Alemanha ficou muito perto de fazer o gol salvador. Mario Gómez cabeceou à queima-roupa, e Olsen voou para o ângulo e fez uma defesa milagrosa que pode ficará marcada na carreira do goleiro.

A penúltima chance dos alemães não poderia ser mais simbólica. Brandt arriscou da entrada da área, e a bola explode na trave direita de Olsen. No reboate, Wener até tentou dominar, mas o atacante estava em posição de impedimento.

Mas o destino reservava o melhor para o final. Aos 50 minutos de partida, no última lance do jogo, Werner sofreu falta quase na linha de fundo. Kross foi para a bola e a jogada clara seria um cruzamento na área, mas o meia do Real Madrid chamou a responsabilidade e arriscou um chute incrível para vencer o goleiro Olsen a xolocar a Alemanha em uma posição muito melhor para avançar ao mata-mata.

Com o resultado, a Alemanha chegou aos três pontos no Grupo F e precisa apenas vencer a Coreia do Sul, que não marcou pontos, na próxima rodada para se garantir no mata-mata. Com seis pontos, o México lidera o grupo. A Suécia sofreu a virada e se manteve com os três pontos da estreia.

Por iG Esportes

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.