Ads Top

Autuori vai comandar time de meia ex-Sete e Cene; clube briga por vaga na Champions League

O multicampeão búlgaro Ludogorets terá mais entre oito brasileiros que compõem o elenco atualmente. Dessa vez, o reforço vem para fora das quatro linhas: Paulo Autuori, que recentemente saiu do Fluminense, onde estava atuando na coordenação do futebol. Entre os brasileiros que ele irá comandar está Wanderson, meia ex-Sete e Cene, com passagem também pela Portuguesa.

Lucas Merçon/FFC
A chegada de Autuori na Bulgária foi anunciada nesta terça-feira (5) pela equipe, que acumula sete títulos nacionais seguidos desde a temporada 2011/12. A equipe foi fundada em 1945 e não tinha conquistado nada até ser comprada por um milionário local.

O investimento logo deu resultado e o time passou a ser soberano em seu país, sendo atualmente já o terceiro maior vencedor, empatado com o Slavia Sofia, que tem também 10 vices - posição que o Ludogorets ainda não conheceu no campeonato búlgaro.

Desde a temporada 2014/15 o time conta no elenco com Wanderson, revelado pelo Sete e que se destacou em Mato Grosso do Sul, principalmente, defendendo o Cene. Ele desembarcou na Bulgária após passagem pela Portuguesa, onde, inclusive, fez gol na vitória por goleada da Lusa sobre o Corinthians, no Morenão, em 2013.

Campeão do Brasileirão pelo Botafogo e da Libertadores pelo Cruzeiro, além de conquistar o continental e o Mundial com São Paulo em 2005, Autuori tem rodagem por vários mercados, incluindo Peru, Japão e Qatar. A Bulgária será o quinto país, fora o Brasil, em que trabalha como técnico, e o segundo na Europa - já treinou e fez sucesso em Portugal.

Champions League

Nas quatro temporadas em que Wanderson - que apesar de revelado em Mato Grosso do Sul, é de Cruzeiro do Oeste, interior do Paraná - está no Ludogorets, o time conseguiu passar das fases preliminares da Champions League duas vezes.

Em 2014/15, Wanderson caiu no grupo com Real Madrid, Basel e Liverpool, sendo eliminada na última posição da chave. Já na temporada 2016/17, o time duelou novamente com o Basel, dessa vez companhado por PSG e Arsenal. O time novamente foi eliminado, mas ficou em terceiro.

Por ter sido outra vez campeão nacional, o Ludogorets vai brigar na preliminar outra vez por vaga na fase de grupos da Champions. Porém, nessa próxima temporada, após mudanças da Uefa, ao invés de três fases (seis jogos), serão necessários quatro (oito jogos) para conseguir a vaga - o processo será o mesmo a ser enfrentado pelo Apoel, do volante campo-grandense Vinicius.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.