Ads Top

Líder, Flamengo vence o Paraná e mantém arrancada no Brasileirão, veja os jogos deste domingo

Líder isolado, o Flamengo segue embalado no Brasileirão 2018. Neste domingo (10), o rubro-negro emplacou a quinta vitória consecutiva na competição ao superar o Paraná por 2 a 0 no Maracanã. Com oito vitórias em 11 rodadas, o time carioca soma 26 pontos, seis a mais que o atual vice-líder, Atlético-MG. Também pela 11ª rodada, o Inter levou a melhor sobre o Santos e colou no G-4.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Empurrado pela torcida, que compareceu em peso no Maracanã, o Flamengo interrompeu a sequência de duas vitórias seguidas do Paraná. Embalado pelos recentes resultados, o Tricolor tentou surpreender os cariocas com uma marcação adiantada no início da partida.

Apesar da postura ofensiva do adversário, o líder valorizou a posse de bola e foi para o intervalo com a vitória parcial de 1 a 0. Aos 20 minutos, Diego cobrou falta e contou com o desvio na barreira para abrir o placar. Na etapa final, Felipe Vizeu deixou o dele também aos 20 e fechou o marcador.

Já na Vila Belmiro, o Internacional levou a melhor para cima do Santos. Aos 32 minutos do primeiro tempo, Leandro Damião cobrou pênalti com categoria e colocou o Colorado na frente. Na etapa final, o Peixe respondeu na mesma moeda.

Aos cinco minutos, Gabriel marcou de pênalti e deixou tudo igual. A resposta gaúcha foi imediata. Dois minutos depois, Victor Cuesta subiu mais que a marcação e recolocou o Inter em vantagem. Com um jogador a menos, após a expulsão de Lucas Veríssimo, o Santos não se recuperou.

Atlético-MG e Grêmio vencem e acirram briga no G-4 do Brasileirão

A briga pelas primeiras posições da tabela do Brasileirão se acirrou ainda mais neste domingo (10). Na perseguição ao líder, o Atlético-MG goleou o Fluminense por 5 a 2 em Belo Horizonte e, com 20 pontos, assumiu a vice-liderança da Série A. Em Porto Alegre, o Grêmio bateu o América-MG por 1 a 0 e, com 19 pontos, entrou no G-4.

Os outros dois duelos iniciados às 15h (horário de MS) terminaram empatados. Em Fortaleza, o Palmeiras ficou no empate em 2 a 2 com o Ceará. Em Salvador, o Bahia arrancou o empate nos acréscimos e ficou no 3 a 3 com o Botafogo.

No Independência, Atlético-MG e Fluminense buscaram o gol desde o início e premiaram os torcedores com sete bolas nas redes. O tricolor carioca abriu o placar com Gilberto de cabeça, aos 28 minutos. A reação mineira logo em seguida e, aos 34, Léo Silva deixou tudo igual.

Aos 45, Róger Guedes acertou o ângulo de Júlio César e virou a partida, 2 a 1. Nos acréscimos, Pedro respondeu e igualou o marcador, 2 a 2. No segundo tempo, o Galo dominou as ações e construiu a goleada por 5 a 2 com gols de Tomás Andrade, Ricardo Oliveira e Róger Guedes.

Na Arena do Grêmio, o tricolor gaúcho fez valer o fator casa e chegou ao gol da vitória no segundo tempo. Aos 31 minutos, Everton recebeu lançamento de Cícero, se livrou do goleiro Jori e garantiu o triunfo gaúcho, 1 a 0. O América-MG ainda pressionou nos minutos finais, teve a chance de empatar nos acréscimos com Rafael Moura de cabeça, mas parou na grande defesa de Marcelo Grohe.

Uma chuva de gols também caiu na Arena Fonte Nova. Logo aos 11 minutos do primeiro tempo, o Botafogo saiu na frente com Kieza, 1 a 0. Já nos acréscimos, Régis empatou de pênalti. Na volta do intervalo, aos cinco minutos, Kieza repetiu a dose e recolocou os visitantes em vantagem, 2 a 1.

Aos 27 minutos, Élber fez e voltou a igualar o marcador, 2 a 2. Já aos 38 minutos, Léo Valencia acertou bela cobrança de falta e encaminhou a vitória carioca, mas Allione evitou a derrota baiana nos acréscimos. Fim de jogo: 3 a 3.

No Castelão, o Palmeiras chegou a abrir 2 a 0 de vantagem no primeiro tempo. Aos cinco minutos, Dudu abriu o placar, 1 a 0. Aos 22, o atacante deixou o dele novamente e ampliou, 2 a 0. O Ceará iniciou a reação três minutos depois. Aos 25, Felipe Azevedo descontou de peixinho, 2 a 1. Na reta final do jogo, o Vozão arrancou o empate com gol de Elton aos 42 minutos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.