Ads Top

Suécia quer encerrar jejum de 60 anos e coreanos seguir invictos; veja números dos estreantes desta segunda

Suécia e Coreia do Sul farão o primeiro jogo da Copa do Mundo nesta segunda-feira (18). O duelo, em Nizhny Novgorod, será às 8h (horário de MS). Enquanto os suecos tentarão encerrar jejum de 60 anos, os sul-coreanos buscarão manter a série invicta em estreias pelo torneio da Fifa. O jogo será válido pelo Grupo F, o mesmo da atual campeã Alemanha e do México.

A Suécia disputará a Copa do Mundo pela 12ª vez. A seleção europeia triunfou na estreia em suas quatro primeiras participações, sendo a última em 1958. Mas desde a 1970, a Suécia tem iniciado suas caminhadas com o pé esquerdo. Neste período foram cinco empates e duas derrotas.

O cenário é completamente oposto ao da Coreia do Sul que tinha problemas em estreias, mas agora ostenta quatro jogos invictos. Os sul-coreanos não perdem em estreias de Mundiais desde os 3 a 1 do México em 1998. De lá para cá foram três vitórias e um empate.

No geral, os asiáticos acumulam três triunfos, dois empates e quatro derrotas. O problema é que a Coreia do Sul não costuma se dar bem contra adversários da Europa. Em 21 duelos pela Copa do Mundo, a Seleção Sul-coreana venceu só quatro vezes, empatou seis e perdeu 11. A Suécia, enquanto isso, enfrentou duas vezes asiáticos com uma vitória e um empate.

Bélgica defenderá invencibilidade de três décadas

A Seleção Belga tem alguns motivos para acreditar na vitória em seu primeiro jogo pela Copa do Mundo. Além da boa fase em campo, a Bélgica enfrentará o Panamá, debutante e incógnita no Mundial, e também defenderá invencibilidade de 32 anos em estreias. O duelo será nesta segunda, às 11h (horário de MS), no Estádio Fisht, em Sochi, pelo Grupo G.

Os belgas não perdem na estreia desde 1986, quando apanharam do anfitrião México, por 2 a 1. De lá para cá foram três vitórias e dois empates. Na Copa 2014, a Bélgica fez 2 a 1 na Argélia. No geral, os belgas acumulam cinco triunfos em estreias, três empates e quatro derrotas. Já o desempenho contra rivais da Concacaf é mais equilibrado.

A Bélgica fez sete jogos em Copas do Mundo contra adversários das Américas Central e do Norte e do Caribe. São três vitórias, um empate e três derrotas. Na Copa Mundo no Brasil, em 2014, a Seleção Belga eliminou a equipe dos Estados Unidos nas oitavas de final ao vencer na prorrogação, por 2 a 1, após empate sem gols no tempo normal.

A Seleção do Panamá, por sua vez, será a 11ª da Concacaf a disputar Copas do Mundo. Os panamenhos se juntam a Trinidad e Tobago, Jamaica, Haiti, Cuba e Canadá, que também têm uma só participação. No geral, o Panamá será o 79º país a disputar uma edição de Copa do Mundo.

Tunísia e Inglaterra vão repetir estreia de 20 anos atrás em Copa do Mundo

Tunísia e Inglaterra farão um jogo repetido nesta segunda-feira, às 14h (MS), em Volgograd. Tunisianos e ingleses já se enfrentaram em Copas e, curiosamente, em uma estreia. Tal fato aconteceu há 20 anos, no Mundial da França. Naquela oportunidade, os ingleses fizeram 2 a 0 em Marseille.

A Seleção da Tunísia, aliás, jamais venceu um adversário europeu em Copas. São oito jogos com três empates e cinco derrotas. Os tunisianos também não se dão bem em estreias. Venceram apenas o México em 1978, por 3 a 1. Depois daquele triunfo, a Tunísia estreou com derrota para a Rússia em 2002 (2 a 0) e empatou com a Arábia Saudita em 2006 (2 a 2).

A Inglaterra, por sua vez, não tem problemas contra rivais da África e nunca perderam para eles em Mundiais. São três empates e três vitórias. Nos últimos dois jogos, no entanto, a Inglaterra não saiu do zero contra a Nigéria, em 2002, e a Argélia, em 2010,  ambos na fase de grupos.

Por Sr. Goool

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.