Ads Top

Croácia elimina Inglaterra e se torna a 13ª finalista diferente da história das Copas do Mundo

Inglaterra que nada! Será a Croácia a adversária da França na final da Copa do Mundo 2018 no próximo domingo, ao meio dia (horário de Brasília), em Moscou. Os croatas, nesta quarta-feira, mantiveram o jejum dos ingleses e carimbaram o passaporte com a vitória de virada em Moscou - 1 a 1 no tempo normal e 1 a 0 na prorrogação.

Divulgação
A Croácia chega pela primeira vez à decisão e se torna a 13ª finalista diferente da história do torneio da FIFA. A Seleção Croata ainda poderá ser a 9ª campeã da competição.

A última estreante em finais havia sido a Espanha. Em 2010, a Fúria superou a Holanda e foi campeã na Copa do Mundo da África do Sul. Além dos espanhóis, Brasil, Alemanha, Itália, Argentina, Uruguai, Inglaterra e a própria França já deram a volta olímpica na Copa. Holanda, Tchecoslováquia, Hungria e Suécia chegaram à final, mas bateram na trave.

Ser campeão logo na primeira final até que não é difícil, levando em conta o histórico dos campeões. Além da Espanha, Uruguai - que venceu a edição de abertura das Copas do Mundo em 1930 -, Itália em 1934, Alemanha em 1954, Inglaterra em 1966 e França em 1998 também alcançaram tal façanha no torneio mais importante de seleções. Brasil e Argentina, por outro lado, não conseguiram ser campeões logo na primeira decisão.

Os croatas estão apenas pela 5ª vez no torneio da FIFA. A Croácia acumula 22 jogos com 11 triunfos, sendo quatro em 2018, quatro empates e sete derrotas, além de 33 gols marcados e 22 tentos sofridos. Após vencer Argentina, Nigéria e Islândia no Grupo D, a Seleção Croata eliminou, nos pênaltis, a Dinamarca nas oitavas de final e a anfitriã Rússia nas quartas de final, além dos ingleses nas semifinais.

Por Rodolfo Brito, do Sr. Goool

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.