Ads Top

Croácia elimina Rússia e entra para a restrita lista de algozes dos anfitriões das Copas

O sonho da Rússia de chegar pela primeira vez à final da Copa do Mundo e logo em casa foi interrompido pela Croácia no último sábado. Os rivais europeus empataram, por 1 a 1, no tempo normal e na prorrogação. Nos pênaltis, a Croácia levou a melhor (4 a 3) e avançou às semifinais. A Seleção Croata, aliás, entrou para uma restrita lista de algozes dos anfitriões. Itália, Brasil e Alemanha são os mais perigosos, mas também há Uruguai, Argentina, Áustria e Turquia.

Divulgação
A Itália foi a primeira seleção a fazer os donos da casa ter pesadelos. Os italianos eliminaram a França ainda nas quartas de final de 1938.

A Seleção Italiana também acabaria com os objetivos do México nas quartas de final de 1970 e da Alemanha na semifinal de 2006. Os alemães, aliás, talvez tenham sido os mais impiedosos.

Afinal, a Alemanha meteu 7 a 1 no Brasil em plena semifinal de 2014. Antes, os alemães já tinham eliminado o México nas quartas de final de 1986 e a Coreia do Sul na semifinal de 2002. O Brasil é outro que pisou nos anfitriões. Para começar, os brasileiros foram campeões pela primeira vez contra uma dona da casa. O Brasil ganhou da Suécia em 1958.

Mesmo método!

Eliminar anfitrião em anos de títulos, por sinal, virou passatempo para a Seleção Canarinho. Foi assim com o Chile na semifinal de 1962 e com os EUA nas oitavas de final de 1994. O Brasil talvez tenha aprendido com o Uruguai. Os uruguaios calaram o Maracanã em 1950 e garantiram o título em cima dos próprios brasileiros.

Em 1990, a Argentina derrotou a anfitriã Itália na semifinal. A Áustria, por sua vez, passou pela Suíça em 1954. O duelo válido pelas quartas de final é até hoje aquele com o maior número de gols da história (7 a 5). Por fim, em 2002, a Turquia despachou o Japão nas oitavas de final.

Naquela Copa houve dois anfitriões. O Sr. Goool não levou em conta as eliminações de Espanha, em 1982, e África do Sul, em 2010. As donas da casa foram eliminadas na fase de grupos.

Garantida na semifinal, a Croácia desafiará a Inglaterra, que passou pela Suécia, na próxima quarta-feira, às 15 horas (horário de Brasília), no Estádio Luzhniki, em Moscou. Um dia antes, a França, algoz do Uruguai, enfrentará a Bélgica, que eliminou o Brasil, também às 14 horas (MS), em São Petersburgo.

Confira a relação de algozes dos anfitriões em Copas do Mundo:

1938 (quartas de final)
Itália 3 x 1 França

1950 (Fase Final)
Uruguai 2 x 1 Brasil

1954 (quartas de final)
Áustria 7 x 5 Suíça

1958 (final)
Brasil 5 x 2 Suécia

1962 (semifinal)
Brasil 4 x 2 Chile

1970 (quartas de final)
Itália 4 x 1 México

1986 (quartas de final)
Alemanha Ocidental 0 (0) (4) x (1) (0) 0 México

1990 (semifinal)
Itália 1 (0) (3) x (4) (0) 1 Argentina

1994 (oitavas de final)
Brasil 1 x 0 EUA

2002
Alemanha 1 x 0 Coreia do Sul (semifinal)
Japão 0 x 1 Turquia (oitavas de final)

2006 (semifinal)
Alemanha 0 (0) x (2) 0 Itália

2014 (semifinal)
Brasil 1 x 7 Alemanha

2018 (quartas de final)
Rússia 1 (1) (3) x (4) (1) 1 Croácia


Por Rodolfo Brito, do Sr. Goool

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.