Ads Top

França espanta zebra croata e conquista o segundo título de Copa do Mundo após 20 anos

A Croácia surpreendeu rivais e torcedores, mas não conseguiu enganar a França que, neste domingo, voltou a faturar o título da Copa do Mundo em Moscou. Vitória por 4 a 2 com gols de Mandzukic (contra), Griezmann, Pogba e Mbappé. Perisic e Mandzukic fizeram para os croatas.

Divulgação/Fifa
Os franceses, aliás, mostraram que não são só os chineses que têm sorte com o oito. O número, para os supersticiosos, voltou a entrar no caminho da França em Mundiais. Tanto é verdade que a seleção europeia deu sua segunda volta olímpica 20 anos após a primeira.

Em 1998, a França sediou a Copa do Mundo e faturou seu inédito título ao atropelar o Brasil por 3 a 0. Sem falar que aquela era a segunda vez que os franceses recebiam o torneio da FIFA. A primeira também foi em uma edição com final oito.

A terceira edição da Copa, em 1938, ocorreu em solo francês. E tem mais! A França chegou pela primeira vez ao pódio na Copa de 1958, com o 3º lugar na Suécia.

A França, com o título, repetiu Brasil, Alemanha, Itália, Argentina e Uruguai - todas seleções com mais de uma conquista em Mundiais. Os brasileiros puxam a fila com cinco voltas olímpicas (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002), uma a mais do que Alemanha (1954, 1974, 1990 e 2014) e Itália (1934, 1938, 1982 e 2006). Já Argentina (1978 e 1986) e Uruguai (1930 e 1950) acumulam dois títulos cada.

Esta foi a segunda vez que a França enfrentou a Croácia em Copas. Curiosamente, nas duas oportunidades, os franceses terminaram no lugar mais alto do pódio. Há duas décadas, os donos da casa levaram a melhor (2 a 1) pelas semifinais.

Lilian Thuram fez os dois gols franceses no 2º tempo, enquanto o artilheiro Suker anotou para a Croácia. Os croatas podem seguir sem título, mas realizaram a melhor campanha da sua história.

Histórico!

Capitão no título de 98, Didier Deschamps voltou a ser campeão pela França, agora, como técnico. Ele igualou Zagallo e Beckenbauer, os únicos campeões como jogador e técnico em Copas do Mundo. O brasileiro foi campeão em campo nas campanhas do bicampeonato em 1958 e 1962.

Como treinador, ele ainda faturou o tri em 1970. Sem falar que Zagallo também abocanhou o Mundial em 1994 como auxiliar técnico. Já Beckenbauer foi o capitão do título alemão em 1974 e o treinador da conquista de 1990.

A França jogou a Copa pela 15ª vez. São 66 partidas, 34 triunfos, 13 igualdades e 19 tropeços, além de 120 gols pró e 77 tentos tomados. Os franceses são o sexto país com mais partidas em Copas, atrás apenas de Brasil e Alemanha (109), Itália (83), Argentina (81) e Inglaterra (68).

Em número de vitórias, a França ganha uma posição e aparece na 5ª colocação. Brasil (73), Alemanha (67), Itália (45) e Argentina (43) superam a Seleção Francesa. A França também está entre as cinco seleções com mais gols em Mundiais. Antes da França ha Brasil (229), Alemanha (226), Argentina (137) e Itália (128).

Por Rodolfo Brito, do Sr. Goool

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.