Ads Top

Erramos: Morenão ainda não foi liberado e depende de vistoria do MPE

Ao contrário do que informamos em matéria publicada na quinta-feira (10), o estádio Morenão ainda não foi liberado pelo Ministério Público e ainda depende de uma vistoria, que acontecerá na próxima quinta-feira (17), dois dias antes do início do Estadual. A informação foi publicada em nota de esclarecimento pelo próprio MP, em seu site oficial.

De acordo com o texto do Ministério Público, todos os laudos foram enviados e aprovados pelo setor responsável, a 43ª Promotoria de Justiça. Contudo, ainda há a necessidade de uma vistoria presencial do próprio MP, com a presença técnicos do órgão.

Apesar disso, os dirigentes estão confiantes na liberação do estádio e acreditam que o problema de 2018, quando os laudos não foram aceitos e os jogos iniciais da competição foram adiados pela FFMS, não ocorrerá neste ano - o Operário já está promovendo o duelo contra o Corumbaense. Plano B, o Estádio das Moreninhas está liberado até o fim do mês.

Conforme apurado pela reportagem, os cartolas da FFMS teriam feito um acordo com o promotor responsável pela análise dos documentos e liberação do estádio. Na nota emitida pelo MP, foi pedido que fosse comprovada a obra da rampa de acesso de veículos sobre o fosso e a remoção dos materiais perigosos que sobraram da reforma, como ferros, pedras, entre outros.

O caso do estádio Noroeste era semelhante, mas o mesmo foi oficialmente liberado pela promotoria de Aquidauana neste sábado (12). A FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) agendou as partidas nos dois estádios mesmo sem que eles estejam totalmente liberados.

Também houve um mal entendido na troca de informações entre a reportagem e a assessoria de imprensa da entidade, gerando os dois equívocos que pautaram a matéria acima citada. O MS Esporte Clube pede desculpas pela falha.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.