Brasil despacha Ilhas Virgens e garante vaga na Copa do Mundo masculina de basquete

Se faltava pouco para o Brasil se garantir como único país a participar de todas as edições da Copa do Mundo ao lado dos Estados Unidos, agora nem a matemática pode atrapalhar. Mesmo sem Anderson Varejão, poupado em função de um torcicolo, a Seleção Brasileira masculina de basquete atropelou as Ilhas Virgens, na cidade de Saint Thomas, e carimbou o passaporte para o Mundial da China.

Foto: CBB
O Brasil enfrenta a República Dominicana na próxima segunda-feira (25), no Palacio de los Deportes, em Santo Domingo, no último confronto da fase de classificação para o Mundial da China - que será disputado de 31 de agosto a 15 de setembro .

Com o estreante na era do técnico Petrovic JP Batista entre os titulares, a equipe comandada por pelo treinador croata venceu por 104 x 80 um adversário com apenas nove jogadores em uma arena com pouco mais de 200 pessoas. O cestinha do Brasil foi Marquinhos, com 22 pontos.

"O jogo começou muito duro. O time deles é muito físico. A vantagem de 24 pontos não diz o que foi a partida, mas o nosso time estava bastante focado, bastante preparado. Conseguimos rodar todo mundo e todo mundo conseguiu se destacar quando pôde jogar", avaliou o ala/pivô Rafa Mineiro.

"A gente queria ter se classificado um pouco melhor, mas o importante é estarmos classificados. Agora vamos ter mais tempo de preparação para o Mundial e esperamos chegar lá bem melhor. Ainda temos o jogo contra a República Dominicana e uma vitória pode nos dar uma classificação melhor e possibilitar uma chave teoricamente melhor no Mundial", prosseguiu o jogador.

De volta à Seleção, o experiente ala Alex Garcia fez questão de ressaltar a alegria de poder vestir novamente a camiseta do Brasil. "Feliz de poder voltar à Seleção e muito feliz com a classificação. Participei apenas da primeira janela e agora estou participando da última".

Outro jogador que destacou a dificuldade encontrada pela Seleção no início da partida foi o ala/armador Vitor Benite. "Acho que o time jogou de uma maneira bem consistente. É difícil enfrentar equipes como Ilhas Virgens, que não têm um sistema tático bem definido, cada jogador pega e vai no um contra um, então você tem que estar sempre muito atento".

Já o técnico Aleksandar Petrovic parabenizou os jogadores pela classificação e fez uma breve análise da partida. "Quero dar os parabéns a todos os jogadores pela classificação. Para mim, o mais importante é que depois de um ano já temos dois ou três jogadores jovens que já podem participar em nível internacional, como Yago, Didi e, agora, Alexey".

Relacionadas

Postar um comentário

Receba nossas novidades