Cássio brilha nos pênaltis, Corinthians bate o Racing e avança na Copa Sul-Americana

A noite desta quarta-feira (27) não poderia ser mais marcante para Cássio. No dia em que se transformou no segundo goleiro com mais jogos pelo Corinthians, o jogador teve mais uma atuação histórica. Em Avellaneda, na Argentina, o Timão empatou em 1 a 1 no tempo normal com o Racing e, nas penalidades, a estrela do paredão brilhou: defesa de duas cobranças, que garantiram a equipe brasileira na próxima fase da Sul-Americana 2019.

Foto: Reprodução/Conmebol
No estádio Juan Domingo Peron, o Racing saiu na frente com gol de Cristaldo, aos 41 minutos do primeiro tempo. Vagner Love, que entrou para o segundo tempo, empatou com um golaço de voleio, que comemorou ao fim do jogo.

"Feliz de ter feito meu primeiro gol nesta volta, graças a Deus hoje deu tudo certo para nós. Sabíamos das dificuldades que íamos encontrar, Racing é uma grande equipe, não à toa briga pelo título de seu país. Sabíamos que tínhamos que ser agressivos, saímos atrás, tivemos atitude e tranquilidade para buscar, empatamos e vencemos nos pênaltis", disse o jogador, em entrevista coletiva após a partida.

Com o novo 1 a 1 no placar (mesmo resultado do jogo de ida), a decisão foi para os pênaltis, Cássio pegou a batida de Nery Domínguez. O Timão poderia ter vencido antes, mas Danilo Avelar acertou a trave na última batida. Cássio, então, voltou a brilhar ao defender o chute de Solari, já nas cobranças alternadas: 5 a 4 e classificação garantida.

Após a classificação decretada, os jogadores do Corinthians correram para abraçar o paredão Cássio, que chegou a 395 jogos pelo time paulista, igualando Gylmar dos Santos Neves como segundo goleiro com mais partidas pelo Timão.

Relacionadas

Postar um comentário

Receba nossas novidades