Equipe da UCDB participa em SP da 25ª Competição Baja SAE Brasil-Petrobras

A equipe Javalis Baja da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) embarca na segunda-feira (18) para participar da 25ª Competição Baja SAE Brasil-Petrobras, realizada anualmente no Parque Tecnológico, em São José dos Campos (SP). Neste ano, a disputa será de 20 a 24 de fevereiro.

Foto: Divulgação/UCDB
“Baja é um projeto criado pela SAE [Sociedade de Engenheiros Automotivos], na década de 90, para incentivar o ensino da engenharia no País e tem contribuído na complementação da formação dos alunos. Eles fazem o projeto, gerenciam a equipe, viabilizam a parte econômica e constroem carro”, destaca o coordenador do projeto, professor Daniel Laporte. O projeto conta com acadêmicos de engenharia Elétrica, Mecânica e Controle e Automação.

Um dos pilotos da equipe Javalis Baja UCDB está otimista com a participação. “O piloto nas equipes de baja tem de saber todo o projeto do carro, pois se acontecer alguma coisa durante a competição, ele poderá informar o que está quebrado, que chave precisa para arrumar o carro durante o enduro, que são de 4 horas de prova e se quebrar o carro dá tempo de arrumar”, ressalta o piloto Renan Lorenzoni.

Outro integrante da equipe destaca todo o aprendizado que o projeto trouxe para eles. “Participar da competição é a concretização de tudo o que a gente tem feito ao longo dos últimos anos. Estamos indo com o objetivo de ser a melhor equipe da região Centro-Oeste”, enfatiza Maxuel Lang.

“Tivemos que fazer um projeto praticamente novo, pois a cada dois anos tem de trocar o chassi, uma das exigências que eles fazem. A gente diminuiu o peso do carro, aumentou a resistência e utilizou materiais mais nobres. Estamos com um carro bem mais leve e com melhor desempenho. Nossa expectativa é trazer o troféu”, destaca o professor.

Os carros são monopostos de estrutura tubular em aço para uso fora de estrada, com quatro ou mais rodas e motor padrão de 10 HP, capazes de transportar pilotos com até 1,90m de altura, com peso de até 109 kg.

A equipe Javalis Baja UCDB, que disputa pelo terceiro ano consecutivo a prova, é composta pelos pilotos Renan Lorenzoni e Jonatan de Souza, e demais integrantes: Maxuel Lang, Pedro Gonçalves, Anthony Oliveira, Sanley Brum, Vicente de Queiroz e Karolayne Batista.

Em todo o país são cerca de 1,7 mil estudantes de cursos de engenharia que vão participar desta edição, totalizando 87 equipes inscritas de 84 instituições de ensino superior de 17 estados do país, mais Distrito Federal. Na região Centro-Oeste estão inscritas quatro equipes, sendo duas equipes de Mato Grosso do Sul, uma de Mato Grosso e outra do Distrito Federal.

A etapa nacional da Competição Baja SAE Brasil – Petrobras tem três equipes a mais que no ano passado. As três equipes que alcançarem as melhores pontuações na soma geral das provas vão representar o País na competição mundial, Baja SAE Rochester (6 a 9 de junho, Rochester Institute of Technology, Nova York, EUA), promovida pela SAE International.

Relacionadas

Postar um comentário

Receba nossas novidades