Ads Top

Galo visita Apae em Itaporã e Sete vai doar parte da renda para tratamento médico

Sete e Operário duelam nesta tarde em Itaporã, no estádio Chavinha, em jogo válido ainda pela quarta rodada do Estadual. E o encontro, que marcou a semifinal do Estadual em 2016 e 2018, será marcado pela solidariedade, com visita a entidade assistencial e doação de parte da renda.

De acordo com o presidente do Sete, Tony Montalvão, 30% da renda obtida na partida será doada para ajudar a pequena Antonella Rodrigues Figueiredo, diagnosticada com quadro de Hidrocefalia GMFCS nível V. Ela necessita de órtese para MMII, cadeira de rodas, parapodium, roupa para melhora da postura e Theratogs, que devem ser trocados de acordo com o crescimento da criança.

Foto: Walter Ramos/Amigo da Apae
"Nossa intenção é ajudar a família a oferecer o maior conforto possível à Antonella e queremos contar com a torcida do Sete para isso. Mesmo aqueles que eventualmente não puderem ir ao jogo, adquirindo o ingresso, irão ajudá-la", disse o presidente Tony Montalvão.

Já na manhã desta quarta-feira (20), os atletas do Operário visitaram a Apae de Itaporã, conhecendo o trabalho realizado no local e as crianças atendidas pela entidade. A visita foi marcada pelo volante Eduardo Arroz, que é natural de Itaporã.

O presidente da Apae local, Antônio Carlos Brandina, conversou com os atletas sobre o trabalho realizado na entidade. O zagueiro Augusto Fassina, que também tem um filho portador de necessidades especiais, se emocionou junto aos seus colegas de time, com uma linda mensagem sobre o amor e o carinho que dedica ao seu filho.

Segundo o site Itaporã News, Augusto também parabenizou indistintamente o trabalho dos profissionais que desempenham suas funções na Apae. Já Brandina agradeceu a todos pela visita, reiterando que a Apae é uma entidade onde os profissionais não dependem apenas de diplomas e sim de coração pra tocar esta nobre causa.

Jogos do dia

Sete e Operário jogam às 15h no Chavinha com arbitragem de Marcos Mateus Pereira, que será auxiliado pelos bandeirinhas Sérgio Alexandre da Silva e Rodrigo Soares Pedro. Wilson Bezerra será o quarto árbitro da partida. Já à noite, acontece duelo de "quase" rebaixados.

Às 19h30, no estádio Morenão, em Campo Grande, o Novo recebe o Operário de Dourados no primeiro duelo entre os times na história. E, logo de cara, o jogo se torna "mortal", já que o Novo é o lanterna do campeonato e o Tigre é o vice-lanterna, com respectivamente, um e dois pontos somados.

Quem perder estará virtualmente rebaixado e poderá matematicamente ser rebaixado na próxima rodada. O jogo será retransmitindo pelo MS Esporte Clube, a partir de imagens geradas pela TV FFMS. Apita o jogo Renan Novaes Insabralde, que será auxiliado por Alan Bittencourt Cano Rodrigues e Adanclei Neves Barros. Rosalino Sanka será o 4º árbitro.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.