Palmeiras joga melhor que Santos de Sampaoli, mas duelo pelo Paulistão termina sem gols

Pela oitava rodada do Paulistão, o clássico entre Palmeiras e Santos encerrou a noite deste sábado (23). Apesar de bastante movimentada, as equipes empataram sem gols, muito por conta do goleiro Éverson, que fez três grandes defesas e da pontaria descalibrada do atacante Borja, que perdeu gol sem goleiro na primeira etapa.

Divulgação/SEP
Com o resultado, o Palmeiras se mantém na liderança do Grupo B, agora com 15 pontos. Dois pontos a mais que o Guarani, vice-líder e que mais cedo venceu o São Caetano, em Campinas. O Santos também permanece na primeira posição do Grupo A, agora com 19, cinco a mais que o Red Bull Brasil, que ainda joga na rodada diante do São Paulo, no domingo (24), no estádio do Morumbi.

Os lances

Como esperado, Palmeiras e Santos fizeram um primeiro tempo bastante movimentado. Os times buscaram o ataque durante todo os 45 minutos iniciais, com o time da casa sendo um pouco mais perigoso e criando a principal oportunidade de mudar o placar. O Palmeiras apostou nas inversões e na velocidade de Borja para furar a defesa santista, que por sua vez, apostava na manutenção da posse de bola.

A primeira chance de marcar foi do lado santista, quando Rodrygo cobrou falta em cima da barreira aos 30 minutos. Cinco minutos depois veio a resposta do Palmeiras. Thiago Santos aproveitou rebote na entrada da área e finalizou para ótima defesa de Éverson.

Animado, o Palmeiras continuou no ataque e aos 41 minutos viu Borja perder gol inacreditável. Victor Luís fez ótima jogada pela esquerda e cruzou rasteiro na pequena área, a bola passou pelo goleiro santista e sobrou para o centroavante apenas escorar para o gol, mas, de carrinho, ele pegou mal na bola e o zagueiro Gustavo Henrique conseguiu tirar em cima da linha.

Na volta para o segundo tempo, o Santos deu bobeira e logo aos três minutos quase sofreu o primeiro gol. Yuri saiu jogando errado e a bola sobrou para o meia Raphael Veiga. Ele finalizou duas vezes, ambas em cima da marcação, desperdiçando a grande oportunidade.

Aos 14 minutos uma verdadeira confusão no ataque palmeirense, Dudu cruzou na área, Felipe Pires ajeitou de cabeça para Borja, que cabeceou, depois Gustavo Henrique também testou a bola e Jean Lucas mandou para fora da grande área.

As chances foram aparecendo os goleiros surgiam com destaque. Aos 26 minutos, Rodrygo tocou para Matheus Ribeiro e o lateral chutou forte para a defesa de Weverton. No minuto seguinte, Felipe Pires foi lançado e cruzou na área. Dudu cabeceou com categoria, no chão, e Éverson fez outra grande defesa.

O Palmeiras armou uma verdadeira ‘blitz’ para sair com a vitória no final do jogo. Aos 34 minutos, Gustavo Gómez recebeu cruzamento e cabeceou forte. Éverson espalmou, a bola voltou para o meio da área e Borja se chocou com o zagueiro Gustavo Henrique e a bola saiu pela linha de fundo. Após essa oportunidae, os times continuaram tentando, mas as defesas foram superiores e o placar terminou sem gols.

O Palmeiras volta a campo já na próxima quarta-feira (27) para enfrentar o Ituano, às 20h30 (horário de MS), novamente na Arena Palmeiras, em São Paulo. Enquanto o Santos recebe o Oeste no sábado (2), às 18h (MS), no Pacaembu, também na capital paulista.

Relacionadas

Postar um comentário

Receba nossas novidades