Chuva adia Urso x Operário e cria 'quinta decisiva' para o futebol sul-mato-grossense

A quinta-feira (14) será marcada por dois eventos decisivos para o futebol sul-mato-grossense: o duelo entre Urso e Operário, em Mundo Novo, e o julgamento do Aquidauanense no "caso Alex Farias", que pode resultar na perda de seis pontos pelo Azulão da Princesa. O jogo no sul do Estado deveria acontecer hoje (13), mas foi adiado devido a forte chuva que atingiu a cidade.

Reprodução
Marcado para acontecer a partir das 15h, a partida chegou a ser iniciada, porém, com 10 minutos no relógio e ainda 0 a 0 no placar, o jogo foi paralisado e posteriormente adiado para às 10h desta quinta-feira, sendo a primeira decisão do dia.

Caso vença, o Urso praticamente garante vaga na próxima fase e ainda definiria o rebaixamento, em campo, de Novo e União. Já o empate rebaixaria apenas o Novo e daria apenas uma pequena vantagem para o clube de Mundo Novo sobre a Serc, hoje nona colocada e primeira na degola.

Já uma vitória do Operário daria sobrevida para Novo e União no campeonato, e complicaria a situação do Urso no campeonato, que continuaria empatado com a Serc, que pega o Novo no Morenão na última rodada - já o Operário enfrenta o União, ainda em local a ser definido, e o Urso vai até o norte de Mato Grosso do Sul encarar o Costa Rica.

Julgamento

A segunda decisão a quinta-feira acontece em Campo Grande, na sede da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), onde a escalação irregular de Alex Faria pelo Aquidauanense na estreia do Estadual, na vitória por 3 a 2 sobre o Operário de Dourados, será julgada pelo TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva de Mato Grosso do Sul).

O Azulão pode perder até seis pontos, já que a punição prevista neste tipo de situação é a perda dos pontos em disputa (três) e anulação dos pontos conquistados (mais três. Em caso de empate, seria apenas mais um, ou derrota, nenhum). O julgamento será o primeiro da nova composição da Comissão Disciplinar do TJD, e está marcado para começar às 18h.

Se punido, o Aquidauanense ficará com nove pontos e, da atual sétima posição, cairá para o nono lugar, à frente apenas de União (8 pontos), Novo (7) e Operário de Dourados (3). O último jogo do time de Aquidauana será contra o Águia Negra, em Rio Brilhante.

Sem casa

Como todos os jogos da última devem acontecer no mesmo dia e horário, criou-se um impasse nos duelos Novo x Serc e União x Operário, ambos marcados para Campo Grande, domingo (17), às 15h. Porém, como a partida transmitida pela TV Morena será entre Novo e Serc, o clube inclusive já teria pago a guia de locação do estádio e jogará no local.

Assim, o União deverá encontrar logo um local para mandar seu último jogo na primeira fase. O Estádio das Moreninhas foi vetado pelo Ministério Público para domingo, mas a FFMS e o clube tenta reverter a situação. Outra opção é levar a partida para Aquidauana, onde não haverá jogo neste fim de semana, já que o Aquidauanense será visitante do Águia Negra.

Contudo, dependendo do resultado do jogo da manhã de quinta e do julgamento à noite, é possível que o tricolor da Capital já chegue rebaixado à última rodada e, assim, o duelo não irá valer mais nada na disputa contra a degola, apenas briga por melhor posição na tabela para o Operário, que garantiu vaga na próxima fase na rodada passada, ao bater o Costa Rica por 2 a 1 no Morenão.

Relacionadas

Postar um comentário

Receba nossas novidades