Ads Top

Em casa, Ponte Preta não perdoa o Guarani e vence o 'Dérbi de Campinas' por 3 a 0

Pela 11ª rodada do Paulistão, a Ponte Preta fez 3 a 0 e venceu o Guarani no Dérbi de Campinas, no estádio Moisés Lucarelli. Os gols de Thalles, Diego Renan e Gerson Magrão serviram para eliminar de forma matemática as chances dos bugrinos de avançarem às quartas de final.

Com mascara, jogadores comemoram gol da Ponte Preta
(Foto: Rodrigo Corsi/FPF)
Sem chance de classificação, a Ponte Preta chega aos 19 pontos, em terceiro lugar no Grupo A. O Guarani, por sua vez, se manteve com 14, em terceiro no Grupo B, e também não tem mais chances de alcançar o Novorizontino, que se classificou com 19.

Como não poderia deixar de ser, o primeiro tempo do dérbi campineiro teve todos os ingredientes de um clássico: nervosismo, disputa e muita emoção. Em meio às disputadas de bola, o Guarani foi quem criou a primeira chance de gol, quando Diego Cardoso, após cobrança de escanteio e saída errada de Ivan, testou para fora.

O lance animou o time alviverde, que tentou aproveitar a superioridade. Os veteranos Anselmo Ramon e Thiago Ribeiro finalizaram com perigo, mas a defesa da Ponte Preta se segurou como podia para manter o empate. Aos poucos, no final do primeiro tempo, os donos da casa começaram a sair mais para o jogo.

Aos 32 minutos, Matheus Oliveira teve a primeira chance de finalizar, após tentativa de Thalles, mas acabou travado. Na sequência, aos 38, Thalles converteu cobrança de pênalti, sofrido por Edson, e abriu o placar. Ainda antes do intervalo, Giovanni evitou o segundo gol alvinegro fazendo linda defesa em chute de Diego Renan.

No começo do segundo tempo, porém, o goleiro bugrino não pode evitar o segundo gol alvinegro. Em nova finalização firme, Diego Renan acertou o cantinho para marcar. O tento tranquilizou os pontepretanos, que passaram a administrar o duelo, esfriando qualquer tentativa de reação dos adversário.

Mesmo mexendo nas peças de ataque, o Guarani teve dificuldades para voltar a chegar ao gol de Ivan. A Ponte Preta, por outro lado, foi mortal quando foi ao ataque. Aos 25 minutos, em contra-ataque, Gerson Magrão recebeu de Matheus Oliveira e finalizou de perna esquerda para marcar.

Os dois times encerram a primeira fase na próxima quarta-feira (20), às 20h30 (horário de MS). A Ponte Preta visita o Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo, enquanto o Guarani recebe o Red Bull, no Brinco de Ouro, em Campinas.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.