Ads Top

Etapa Doha abre 'corrida' por vaga olímpica no vôlei de praia; Saymon está na disputa

A corrida por vaga entre as duplas masculinas que vão representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 começa amanhã, com a etapa de Doha, no Catar, do Circuito Mundial. O campo-grandense Saymon e seu parceiro Guto, do Rio de Janeiro, estão na disputa.

Foto: Ana Patrícia/Inovafoto/CBV/Divulgação
Além do time de Saymon, Pedro Solberg e Vitor Felipe (RJ/PB), Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) e Alison/André Stein (ES) estão garantidos na fase de grupos. Já Ricardo e Álvaro Filho (BA/PB) disputam o classificatório hoje.

Segundo os critérios da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), apenas os eventos de quatro e cinco estrelas, além do Campeonato Mundial, contam na corrida olímpica do Brasil, cada um com peso diferente. As duplas terão uma média dos dez melhores resultados e poderão descartar as piores participações.

Uma medalha de ouro em Doha garante 800 pontos à dupla na briga por vaga em Tóquio. Uma prata equivale a 720 e um bronze soma 640 pontos.

A etapa de Doha é a segunda de dez do nível quatro estrelas previstas para o Circuito Mundial em 2019. A primeira, em Haia, na Holanda, não contou para a corrida olímpica, que segue até fevereiro de 2020. Estão agendadas outras duas fases cinco estrelas e o Campeonato Mundial para este ano.

A primeira etapa da corrida olímpica no feminino será em Xiamen, na China, em abril. As sul-mato-grossenses Talita e Victoria, parceiras de Taiana (CE) e Tainá (SE), respectivamente, devem entrar no páreo. As duas duplas com maior pontuação em cada naipe estarão classificadas para os Jogos de Tóquio.

FONTE: Correio do Estado/Jones Mário

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.