Agora vai? Galo marca apresentação de treinador e elenco faltando 10 dias para estreia na Série D

Dez dias. Esse é o tempo que o novo treinador do Operário terá para trabalhar diretamente com o elenco até a estreia na Série D, contra o Patrocinense, em Minas Gerais, no próximo dia 5. A apresentação do novo comandante e seus comandados foi marcada para quinta-feira (25), às 14h, no Clube Campestre Ypê. Os nomes ainda são mantidos, oficialmente, sob sigilo.

Foto: MS Esporte Clube/Nyelder Rodrigues/Arquivo
Mesmo sendo eliminado do Estadual nas quartas de final pelo Aquidauanense - que depois chegou à final e perdeu o título para o Águia Negra por ter campanha inferior na primeira fase - e parado há quase um mês, a diretoria não  não aproveitou o período e deixou todo para a última hora.

O mês de abril foi marcado por várias especulações, incluindo a saída do presidente Estevão Petrallás, chegada do gestor Tony Montalvão - que anunciou semana passada sua ida para o Sparta, do Tocantins - e até o acerto com o treinador Glauber Caldas.

Contudo, a falta de informações concretas gerou fortes críticas da torcida, imprensa e um período longe de "isolamento" de mídia, algo que prejudica também a exposição das marcas patrocinadoras, como as bebidas do grupo RFK e a estatal MSGás, entre outros apoiadores.

Prováveis anunciados

O nome que mais recentemente surgiu nos bastidores para assumir o Operário é do campeão estadual de 2018, Celso Rodrigues, que retornaria ao clube após jogar a divisão de acesso do Gauchão 2019 com o São Gabriel. Após alguns tropeços, a equipe chegou a ficar perto da classificação para as quartas de final, mas na última rodada perdeu em casa por 3 a 1 e foi eliminada.

Fontes ligadas aos cronistas Nelson Corrales e Ricardo Paredes confirmam o nome de Celso como o contratado. Rodrigo Gral, responsável pela contratação de Arilson Costa para o Estadual, permanece no clube como gerente de futebol na Série D 2019.

No elenco, também conforme Corrales, permanecem os goleiros Jota, Gelson e Paulo Henrique, os zagueiros João Ferrari e Bruno Centeno, o lateral Wender, os volantes Natan, Fernandinho e Daniel Lucini, além atacante Guilherme.

Já os reforços contratados são o lateral Macarrão (ex-Sete), Thiaguinho (ex-Costa Rica), o atacante Firmino (ex-Costa Rica), campeão com o Galo em 2018, e o trio comercialino de meio-campistas Lucas Kattah, Juninho Pavi (que jogou este ano como lateral) e Julio Cesar.

Os nomes foram confirmados por uma terceira fonte ao MS Esporte Clube, e devem se juntar ainda ao zagueiro André Paulino. Outro nome que deve chegar ao Galo é o meia Fabiano, ex-Botafogo e Sinop. O atacante Lucas Roggia, que na base do Inter chegou a ser considerado o "novo Alexandre Pato", estaria em negociação. Ele também tem passagem pela Itália, no time B do Milan.

Relacionadas

Postar um comentário

Receba nossas novidades