Ads Top

Artilheiro do MS em 2011, Daniel Amorim sonha alto em ano de estreia na Série A pelo Avaí

Um dos principais orgulhos do Avaí é seu estádio. Inaugurada em 1983, a Ressacada é um território hostil para os adversários. Quem vem se destacando por lá no atual momento é um certo atacante da camisa 28. Com 13 gols em 19 jogos na temporada 2019, Daniel Amorim tem um desejo claro para o retorno do time à Série A do Campeonato Brasileiro: seguir brilhando na Cova do Leão.

Foto: Francisco Tadeu/Avaí FC
"É sempre um desafio para o atleta de futebol manter bons momentos, principalmente para quem atua com a responsabilidade de decidir os jogos, fazendo gols. Aqui no Avaí formamos um grupo bastante unido, com todos trabalhando pelo mesmo objetivo", declara o centro-avante.

Nos altos de seus 1,91m, Daniel terminou o Catarinense 2019 sendo campeão e artilheiro da competição, acumulando também quatro gols na Copa do Brasil e a artilharia do clube na temporada. Em Mato Grosso do Sul, ele deixou saudades em outra torcida de cores azul a branca: a do Aquidauanense, onde foi vice-campeão estadual em 2011, além de artilheiro do campeonato.

De lá pra cá, o então jovem atleta rodou por Tombense, Paysandu, Brasiliense, Madureira, Duque de Caxias e Cuiabá antes de chegar ao Avaí em 2018. Hoje com 29 anos - completa 30 no dia 15 de setembro -, o atacante nascido no Rio de Janeiro vem colocando medo nas defesas rivais. Ele também credita este bom desempenho ao apoio recebido da arquibancada do "caldeirão" da Ressacada.

"Nosso torcedor é fundamental. Ele é vibrante, joga junto. Mas a manifestação do torcedor vem acompanhada também de um bom futebol. Este ano a equipe vem correspondendo em campo, mostrando resultados bons. Uma coisa chama a outra. E a Ressacada neste ano tem sido um caldeirão mesmo. Só perdemos o jogo para o Vasco. Portanto, é fundamental para nós este apoio", frisa.

Essa será a primeira edição do Brasileirão disputada por Daniel, que não esconde que sonha alto. "Disputar o Campeonato Brasileiro da Série A, uma das competições mais difíceis do futebol, será interessante. Vamos lutar, continuar unidos e buscar novas forças para avançar na competição. E por que não pensar em algo maior? Temos um bom time para chegar mais longe".

Artilharia à vista

Daniel Amorim foi o principal goleador do Campeonato Catarinense, com nove gols, e ocupa o posto de vice-artilheiro da Copa do Brasil, com quatro tentos marcados. O atacante almeja manter a boa média no Brasileirão, mas faz questão de destacar o mérito do trabalho coletivo em sua boa marca.

"Eu fui artilheiro do estadual e tenho quatro gols na Copa do Brasil. Mas isso é fruto do trabalho de equipe. Ninguém consegue ser artilheiro sozinho. E a chegada do Brasileiro é um desafio muito maior. Equipes de grande nível técnico. Não será fácil, mas não posso deixar de pensar e lutar por esta possibilidade de alcançar a artilharia", finaliza.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.