Ads Top

Azedou o clima? Repórter e Carille discutem sobre caso de 'setorista espião' no Corinthians

Aquele Fabio Carille tímido, com fala acanhada e de dócil trato parece mesmo ter ficado no passado. Após dois anos e três meses como treinador, o comandante corintiano revela cada vez mais uma personalidade diferente, com corriqueiras divergências com a imprensa, divergências e acusações que mais lembram veteranos da bola, além de feridas antigas ainda expostas.

E na coletiva pós-jogo contra o Santos, nessa segunda-feira (8), vimos mais uma demonstração disso, em uma ríspida discussão com o repórter André Ranieri, da rádio Jovem Pan. O vídeo completo pode ser visto logo abaixo. O profissional inicia fazendo vários questionamentos e Carille, visivelmente irritado, inicia a resposta já adiantando que ela será longa.

Vários episódios, entre eles a contratação não concretizada do atacante Didier Drogba, foram relembradas pelo técnico, assim como a ida de Carille para o futebol árabe também foi citada por Ranieri. As coisas ficaram mais quentes a partir dos 3:30 minutos de vídeo.

O repórter perguntou se Carille concluiu que havia um setorista "espião" a partir das palavras de um treinador adversário, avisando que haviam passado informações para ele. Carille disse que sim, e ainda questionou o porquê do nervosismo do jornalista. "A carapuça serviu?"

'De ombros' para as críticas

Em outra pergunta, Carille foi questionado se possíveis críticas ao jogo apresentado poderiam o afetar. Ele categoricamente respondeu que "se eu me preocupar com redes sociais, eu tenho que fazer outra coisa na minha vida". Contudo, admitiu que o time fez um mau jogo e precisa melhorar.





Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.