E o 'Justin Bieber da bola' atacou de novo: agora, Neymar acerta soco em torcedor

Já não bastasse a frustração de perder a final da Copa da França nos pênaltis para o Rennes, a torcida do PSG ainda teve que ver o principal nome - ou não tão mais principal assim - da equipe acertar um soco em um torcedor no caminho para a premiação de vice do time parisiense. Sim, Neymar Jr, o "Justin Bieber da bola", atacou novamente.


Enquanto subia as escadarias do Stade de France, local da final, o astro do PSG não gostou do que ouviu do torcedor - que teria dito que ele precisava aprender a jogar bola - e acabou desferindo um soco no homem, que filmava tudo de um celular.


Foto: Goal.com
Primeiro, o brasileiro empurra a mão do homem para impedir que a gravação continuasse, e depois o jogador acerta um soco na cara do torcedor, que não revidou. Neymar não foi o único atleta provocado. Verratti foi chamado de racista e Buffon de palhaço.

Contudo, nenhum deles revidou. O jogo terminou em 2 a 2, com boa atuação de Neymar, inclusive com um gol. Porém, o time perdeu nos pênaltis. Ao fim da partida, o camisa 10 da Seleção Brasileira também não poupou os companheiros mais jovens do PSG, fazendo duras críticas.

"O balanço é de ser mais homem dentro do vestiário, mais unido. Todo mundo correr. Pelo que vejo ali, tem muito jovem que é um pouco, não digo perdido, mas faltam mais ouvidos do que a própria boca. Algum cara mais experiente fala, e eles retrucam, ou o próprio treinador fala e eles retrucam", reclamou o atacante, durante entrevista na zona mista.

Neymar ainda completou dizendo que "isso não é um time que vai longe, um time que vai ter sorte no final. A gente peca nisso. Precisamos ter mais inteligência de administrar isso, e eles mais do que nós. A gente tem bagagem e eles precisam respeitar mais. Da mesma forma de quando eu comecei, que escutava bastante e respeitava. Eles precisam seguir esse caminho também".

O incidente envolvendo Neymar acontece perto do fim da temporada - faltam cinco rodadas para acabar o francês - e da abertura da janela de transferências na Europa. Nesta semana, o jogador já tinha sido punido com suspensão em três partidas da Champions League por postagem em rede social na qual ofende a arbitragem do duelo em que o PSG foi eliminado pelo Manchester United.

Relacionadas

Postar um comentário

Receba nossas novidades