Ads Top

Primeira rodada: perto da torcida, Chape vence o Inter; Atlético Mineiro supera o Avaí

A bola segue rolando para o Brasileirão 2019! Na noite deste sábado (27), no horário das 18h (horário de MS), mais dois jogos movimentaram a primeira rodada da competição. Na Arena Condá, a Chapecoense venceu o Internacional por 2 a 0. Enquanto no Independência, o Atlético-MG também fez valer o mando de campo e derrotou o Avaí por 2 a 1.

Debaixo de chuva, Chapecoense e Internacional fizeram um início de jogo movimentado na Arena Condá. Aos sete minutos, Alan Ruschel mandou uma bomba de fora da área para boa defesa de Marcelo Lomba. A resposta colorada foi imediata e na mesma moeda. Neilton arriscou de longe e Tiepo evitou o gol. Aos poucos o ritmo do jogo diminuiu, mas o equilíbrio permaneceu.

Chape bateu o Inter (Foto: Matheus Sebenello/AGIF)
O gol do primeiro tempo saiu somente aos 46. Everaldo, de pênalti colocou a Chape em vantagem. E ainda deu tempo para o Inter assustar em boa finalização de Camilo. Assim como na etapa inicial, os últimos 45 minutos do jogo começaram a todo vapor.

Logo aos dois minutos, o Verdão chegou com Márcio Araújo. Mais uma vez o Colorado respondeu na sequência. Lindoso cabeceou, Tiepo fez a defesa, Emerson Santos pegou o rebote e novamente o arqueiro salvou os catarinenses.

Buscando o empate, o Inter foi para cima. Na marca dos 14, Rafael Sóbis, de calcanhar, tocou para Uendel, que obrigou o goleiro da Chape a fazer outra grande defesa. O time da casa não deixou barato e quase ampliou, aos 18. Everaldo bateu no alto e Marcelo Lomba salvou o Internacional. Já aos 42, o camisa 77 da Chapecoense apareceu de novo e em chute rasteiro fez 2 a 0.

Atlético-MG x Avaí

Jogando em casa, o Atlético controlou o primeiro tempo do confronto. Com menos de dez minutos de bola rolando, os mineiros criaram duas boas chances com Ricardo Oliveira e Chará. Já aos 23, após cobrança de escanteio, Chará pegou a sobra e mandou de primeira rente à trave.

Três minutos depois, em ótima trama, o Galo chegou de novo, dessa vez, Elias finalizou para fora. A insistência dos mandantes surtiu efeito e, aos 46, Fábio Santos cobrou pênalti com perfeição para fazer 1 a 0. Na volta do intervalo, o Avaí chegou ao empate logo no primeiro minuto.

Brizuela aproveitou um cruzamento rasteiro e, de carrinho, deixou tudo igual. A igualdade no marcador durou pouco. Aos sete minutos, Geuvânio achou Ricardo Oliveira na pequena área, que sem marcação mandou para o fundo das redes retomando a vantagem atleticana: 2 a 1.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.