Ads Top

Algoz do Corinthians em 2019, volante do MS se desliga do Cruzeiro e deve ir para o Timão

O volante campo-grandense Éderson, autor de um dos gols do Cruzeiro na vitória por 2 a 1 sobre o Corinthians em Itaquera, no Brasileirão 2019, se desligou do clube mineiro e deve desembarcar em breve, justamente, no time que foi algoz no ano passado - aproveitando que a defesa corintiano parou, acreditando que o lance tinha sido paralisado, ele driblou Walter e fez o gol da raposa.

Miguel Schincariol/Getty Images/Yahoo
Contudo, o fim da temporada passada e o início de 2020 foram "nebulosos" para o jovem de 20 anos no clube de Belo Horizonte. Com o rebaixamento e os atrasos salariais crônicos no time, ele negociou sua saída e rescindiu o contrato com o Cruzeiro na terça-feira (11).

Éderson processou o Cruzeiro por causa de atrasos em salários, direitos de imagem, 1/3 sobre férias, 13º e FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, além de outras verbas trabalhistas, segundo o site Superesportes. Ele também pedia rescisão indireta do vínculo. O valor cobrado era de R$ 2.638.836,57, correspondente à íntegra do contrato, até julho de 2023.

Com o acordo alinhado, o Cruzeiro recebe R$ 2,7 milhões de André Cury, agente de Éderson e do atacante David, abate R$ 3,8 milhões em dívidas com o empresário e se livra do pagamento dos salários atrasados aos atletas - que já teve seu nome confirmado por dirigentes corintianos como alvo do clube, que está próximo de fechar negócio e ficar com 65% de seus direitos econômicos.

Em reuniões na semana passada, a diretoria do Cruzeiro e o estafe de Éderson encaminharam o acerto para a rescisão contratual. Com o acordo, o jogador de 20 anos retirou a ação contra o clube na Justiça do Trabalho. A audiência estava marcada para o dia 19 de fevereiro.



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.