Ads Top

Sem chances no Galo, goleiro pede rescisão e vai para time do interior de SP

O goleiro Felipe Mosquete rescindiu seu contrato com o Operário. O desligamento do atleta foi publicado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) desta terça-feira (18). O atleta, de apenas 20 anos, veio da base do Goiás para defender o Galo.

(Foto: Sagres Online)
Mosquete saiu em comum acordo com a diretoria. Sem muitas chances no Galo, ele era o terceiro goleiro e viu o até então titular Ravel se lesionar, Aranha assumir o posto e, depois, ser dispensado assim que o veterano França chegou ao time.

Conforme apurado pela reportagem, o destino de Felipe Mosquete é o Marília, clube do interior paulista sediado na cidade de mesmo nome. Para o seu lugar, outro goleiro já é procurado pela diretoria. Contudo, o nome do atleta ainda não foi divulgado.

No Marília, Felipe vai disputar a Série A3 do Paulista. Ele foi apresentado nesta terça-feira (18) à torcida local, recebido com otimismo, já que passou vários anos no Goiás e retorna para Marília, sua cidade natal, para defender o clube local.

Suposta indisciplina

Alvo de várias críticas por falhas nos dois primeiros jogos do campeonato, o goleiro Aranha foi substituído por Ravel, que jogou no improviso na terceira partida contra o Aquidauanense, já que ainda estava lesionado. A situação teria afetado o atleta, que acabou cometendo atos de indisciplina, fazendo com que o clube decidisse por dispensá-lo.

Um comentário:

Tecnologia do Blogger.