Ads Top

Capital recebe visita técnica do COB visando etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude

A capital de Mato Grosso do Sul entrou na disputa para sediar a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) 2020 e já recebeu, nesta terça-feira (03.03), a primeira visita técnica do Comitê Olímpico do Brasil (COB).

O governador Reinaldo Azambuja disse ao gerente executivo de Desenvolvimento Esportivo do COB, Kenji Saito, que o Estado não vai poupar esforços para sediar a competição.

“No que depender dos nossos esforços, vamos fazer o possível para sediar a etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude em novembro. A competição vai fomentar a economia e deixar um legado importante. Temos capacidade de receber bem os atletas, estamos trabalhando para ser um estado carbono neutro e as ações sustentáveis promovidas pelo Comitê Olímpico Brasileiro vão ao encontro do que queremos para Mato Grosso do Sul”, afirmou.

Divulgação
Saito apresentou ao governador Reinaldo Azambuja o projeto dos Jogos, detalhando os principais critérios para a definição das sedes.

Dentre os critérios estão garantias governamentais de atendimento ao caderno de encargos, cessão dos locais de competição (10 ginásios, uma piscina olímpica e uma pista de atletismo) e centro de convenções, disponibilidade de leitos da rede hoteleira e meios de transporte para deslocamento interno. “A relação institucional é um dos pilares para a constituição dos Jogos, um evento de grande proporção, que atende mais de sete mil pessoas em 15 dias”, destaca Saito.

Segundo o COB, mais de R$ 35 milhões são injetados anualmente de forma direta na economia local. A rede hoteleira é um dos principais setores beneficiados, com a comercialização de aproximadamente 40 mil diárias. Em Blumenau-SC, no ano passado, o Centro de Convivência dos Jogos serviu quase 90 mil refeições a cerca de sete mil credenciados.

Para o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, a competição escolar deixará um legado para o Estado. “Em Mato Grosso do Sul, o esporte é tratado como uma política pública essencial e o governador tem demonstrado isso com ações concretas. Estamos prontos para sediar a etapa nacional e tenho certeza que o evento movimentará nossa economia diretamente”.

A etapa nacional ocorre anualmente em novembro e tem duração de 15 dias, reunindo alunos-atletas de 12 a 17 anos de todas as unidades federativas do país. As modalidades participantes são atletismo, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, taekwondo, tênis de mesa, vôlei, vôlei de praia, luta olímpica/wrestling e xadrez.

Além dos citados, participaram do encontro na governadoria os secretários Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Carlos Alberto de Assis (Gestão Política da Capital); diretor-presidente da Fundação de Turismo, Bruno Wendling; presidente da Câmara Municipal, João Rocha; e o deputado Coronel David.

Vistoria

Foram vistoriados nesta terça (03.03) o Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis (Guanandizão), a pista internacional de atletismo do Parque Ayrton Senna e o Centro de Convenções Albano Franco, idealizado para ser o Centro de Convivência dos Jogos. Visitas a outras instalações e complexos esportivos continuam até quinta-feira (05.03).

Vieram também a Campo Grande o diretor geral dos Jogos Escolares da Juventude, Arthur Henrique Correa, e os coordenadores da competição escolar, Júlia Camargo e Carlos Eduardo Santoro.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.