Ads Top

Após conquista do penta e vitória sobre a Argentina 2005, Globo retransmite final do tetra de 94

A Globo informou no domingo (19) que o título mundial do Brasil nos Estados Unidos, em 1994, estará em destaque no próximo domingo (26) na tela da emissora. A decisão contra a Itália, que terminou com vitória por 3 a 2 nos pênaltis após empate sem gols no tempo normal e prorrogação, vai ser reexibida a partir das 15h (horário de MS).

Na ocasião, o Brasil faturou o tetra depois de Taffarel brilhar na disputa de pênaltis - e o italiano Baggio, então melhor jogador do mundo, desperdiçar a última cobrança -, encerrando com um jejum de 24 anos sem o mais cobiçado dos troféus.

Antes do duelo ser reprisado, a Globo ainda promete um pré-jogo com seus apresentadores e comentaristas por 30 minutos. Confira abaixo a nota oficial da emissora:

Divulgação
Quase 26 anos depois, a narração histórica de Galvão Bueno ainda arrepia. Com o Tema da Vitória ao fundo, nestas poucas palavras, o narrador extravasou um grito que estava preso na garganta há 24 anos. 

Em um momento delicado para o esporte brasileiro, abalado pela morte do piloto Ayrton Senna dois meses e meio antes, a vitória nos pênaltis sobre a Itália ficou marcada como uma das mais emocionantes do Brasil em Copas. 

A conquista do tetracampeonato poderá ser vista novamente neste domingo, dia 26, com a narração original e no horário tradicional do futebol na TV Globo. Antes, um pré-jogo de 30 minutos faz um esquenta digno do que foi a decisão da Copa dos Estados Unidos.

A conquista do tetra veio no dia 17 de julho de 1994, no Estádio Rose Bowl, em Pasadena, na Califórnia. Das cinco estrelas que a seleção brasileira carrega na camisa, referentes aos títulos mundiais, a quarta é a que foi conquistada de forma mais dramática. O tetra veio depois de uma emocionante disputa de pênaltis, contra Itália, à época também tricampeã do mundo. 

Após empate em 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação, pela primeira vez até então um Mundial foi decidido nas cobranças de penalidades. Chegou a hora de matar a saudade deste momento inesquecível para o futebol brasileiro.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.