Ads Top

Campeão olímpico do salto com vara na Rio 2016 tem contrato rescindido

O campeão olímpico Thiago Braz teve o contrato rescindido pelo Esporte Clube Pinheiros. A notícia foi confirmada no último sábado (25) pelo clube paulista. Vencedor da prova de salto com vara na última edição dos Jogos Olímpicos e já classificado para as Olimpíadas de Tóquio, remarcadas para 2021, o atleta ainda não se pronunciou sobre o fim da parceria.

Reuters
A decisão do Pinheiros foi motivada por questões financeiras, agravadas por conta da pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Todos os funcionários e atletas do maior clube poliesportivo da América Latina tiveram os salários cortados em 25%. A situação no basquete masculino profissional foi ainda mais drástica, já que todo o time será demitido até o final de abril.

Nos Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, Thiago Braz saltou 6,03m. Além da medalha de ouro, a marca rendeu ao brasileiro o recorde na competição. Entretanto, o recorde mundial pertence ao sueco Armand Duplantis, com a marca de 6,18m. Ao lado da esposa, Braz encontra-se isolado na Itália por conta da pandemia de coronavírus, mas ainda conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e o apoio do Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Agência Brasil

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.