Ads Top

Bolsonaro e clubes pedem e Ministério da Saúde dá 'aval' para retorno dos jogos

Após o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido) se manifestar a favor do futebol e os clubes requisitarem posicionamento do Ministério da Saúde, a instituição apontou em relatório que as atividades como treinamentos e jogos, ainda que sem presença de torcida, podem retornar em breve no Brasil. Porém, recomendações diversas de biossegurança foram feitas.

Divulgação
Conforme a informação trazida pelo Globoesporte.com, a pasta recomenda que a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) "garanta a realização dos testes e avaliações constantes não apenas nos atletas, mas também que seja ofertado aos membros das comissões técnicas, funcionários e colaboradores, assim como respectivos familiares e contactantes próximos".

O portal esportivo traz a íntegra do documento emitido pelo Ministério da Saúde, que segue orientação do presidente Bolsonaro. A pasta "reconhece que o futebol é uma atividade esportiva relevante no contexto brasileiro e que sua retomada pode contribuir para as medidas de redução do deslocamento social".

Ainda assim, o documento mostra que há algumas ressalvas. Outro trecho diz que o ministério "sugere discussão mais aprofundada sobre as ações previstas nestas fases para consensuar os procedimentos de saúde e segurança essenciais em cada uma delas". A CBF ainda não se pronunciou após o aval do Ministério da Saúde.

A entidade deverá encaminhar às federações estaduais de cada uma das 27 unidades do Brasil a decisão de retornar ou não com os campeonatos locais, de maneira que em alguns estados, como o Amazonas, a situação da Covid-19 é ainda mais preocupante.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.