Ads Top

CBV destina auxílio para atletas durante paralisação; seis de MS vão receber R$ 20 mil

A CBV (Confederação Brasileira de Voleibol) decidiu em reunião do Conselho de Administração com a participação da Comissão Nacional de Atletas de Voleibol de Praia e de Voleibol de Quadra, membros efetivos do Conselho, disponibilizar uma antecipação de parte das premiações das etapas de vôlei de praia que foram adiadas por conta da covid-19.

O apoio será opcional aos 120 atletas (60 de cada gênero) mais bem colocados no ranking individual da temporada 19/20 do Circuito Brasileiro Open. A antecipação dos valores é referente a duas etapas do Circuito Brasileiro que estavam programadas para acontecer em abril e maio, no Rio de Janeiro (RJ) e Itapema (SC). Ao todo, seis atletas de Mato Grosso do Sul serão beneficiados

Victoria Lopes é a principal revelação recente do MS
(Divulgação/Arquivo)
Os atletas poderão efetuar a devolução do valor até o dia 30 de novembro de 2020, de forma parcelada, que deverá ser formalizada através de um instrumento jurídico entre as partes, atendendo as normas de governança e ‘compliance’ da entidade.

A lista dos sul-mato-grossenses que podem receber o valor, que será de R$ 20 mil para cada um, conta com Victoria Lopes (7ª colocada do ranking) e Danielle Neves (53ª) na categoria feminina, enquanto no masculino estão Arthur Mariano (10º), Saymon (15º) e Miguel Ortigosa (43º).

Além deles, a quinta colocada do ranking feminino, Talita, também terá direito a receber o auxílio. Nascida em Aquidauana, a atleta que faz dupla com a carioca Carolina representa a federação alagoana nas competições da Confederação Brasileira de Vôlei.

A primeira parcela da antecipação, no valor de R$ 2 mil, será paga no próximo dia 11 de maio, e segunda parcela, de mesmo valor, no dia 10 de junho. A proposta foi aprovada por unanimidade pelo Conselho de Administração. O atleta carioca Léo Gomes elogiou os esforços das partes para buscar uma alternativa no momento de crise.

Na reunião também ficou estipulado que a construção do novo calendário referente ao ano de 2020 contará com a participação da Comissão Nacional de Atletas de Voleibol de Praia. Até o final de 2020 estão previstos quatro eventos Open, um Superpraia, que poderá ser transformado em Open, e quatro etapas dos Challengers.

Durante a reunião, foi informado à Comissão de Atletas que os eventos continuam previstos no calendário para serem realizados ainda este ano. Assim, os valores que seriam utilizados para as etapas não constituem um ‘saldo’ no caixa, pois deverão ser devolvidos caso os torneios não aconteçam.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.